Redações do ENEM que violam os Direitos Humanos recebem Nota Zero

17/10/2016 - 16h40 - Por Karoline Figueiredo





De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) - organizador do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), candidatos que produzem Redações que ferem os Direitos Humanos recebem nota 0 (zero).

Assim como nas edições anteriores, as Redações do ENEM 2016 que apresentarem descrições de violências ou que atentarem contra integridade física ou moral das pessoas receberão zero, ainda que, os textos cumpram as outras competências cobradas.

Segundo o INEP, o ENEM do ano passado registrou cerca de 10 mil Redações que foram zeradas devido às violações incitadas contra os direitos das mulheres por conta do tema sugerido. Os textos abordaram atos descriminatórios, repugnantes, de violência como mutilação, tortura, execução entre outros.

Conforme o diretor dos Direitos Humanos e Cidadania da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (SECADI) do Ministério da Educação (MEC), Daniel Ximenes, o desrespeito aos Diretos Humanos não deve ser aceito na vida em sociedade. Ele diz que formar os jovens para o mundo do trabalho é formá-los para o exercício da cidadania, considerando as diferenças e lutando contra todas as formas de preconceito e discriminação."Isso deve ser combatido em todas as formas de expressão, inclusive nas Redações do ENEM", explicou.

Acesse o Manual de Redação do ENEM 2016 para seguir os critérios estabelecidos e obter um ótimo desempenho e resultado.