Revalida: após três anos sem exame, ministro da educação anuncia aplicação em 2020

14/05/2020 - 16h58 - Por Karoline Figueiredo

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, informou nesta quinta-feira (14), que o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos pelas Instituições de Educação Superior Estrangeira (Revalida) será realizado ainda este ano. Segundo ele, o edital será publicado em julho e as provas serão aplicadas em outubro e dezembro.

O Exame é composto por duas etapas (teórica e prática): na primeira fase (em outubro), as avaliações são compostas por 100 questões objetivas de múltipla escolha no período matutino, e 5 questões discursivas, no período vespertino; na segunda fase (em dezembro) participam apenas os aprovados na primeira, que realizam testes práticos em clínicas. Os participantes que reprovarem na segunda fase, poderão refazer o procedimento por mais duas vezes.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela aplicação do Revalida, já selecionou os profissionais que formarão a comissão julgadora do Exame.

Revalida - avalia o grau de conhecimentos, habilidades e competências requeridas para o exercício profissional adequado aos princípios e necessidades do Sistema Único de Saúde (SUS), em nível similar ao exigido dos médicos formados no Brasil.

Para mais informações acesse o portal do MEC.