Três municípios do Rio de Janeiro suspendem aulas presenciais

21/10/2020 - 15h34 - Por Karoline Figueiredo

As escolas estaduais do Rio de janeiro reiniciaram as atividades presenciais na última segunda-feira (19) para alunos do terceiro ano do Ensino Médio e o quarto módulo de Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Os municípios de Macaé, São Francisco de Itabapoana e Carapebus suspenderam as aulas presenciais nesta quarta-feira (20), logo após apresentarem bandeira laranja (risco moderado para contágio de Covid-19). As escolas nestas cidades darão continuidade ao ensino de forma remota.

As aulas presenciais são mantidas em 13 municípios do Rio de Janeiro, que no momento, se classificam na bandeira amarela (risco baixo de contágio): Casimiro de Abreu, Duque de Caxias, Italva, Itatiaia, Mesquita, Miracema, Natividade, Nilópolis, Niterói, Piraí, Rio de Janeiro, São Pedro da Aldeia e Soropédica.

No Rio de Janeiro são 397 escolas estaduais, que atendem 60,8 mil estudantes do ensino médio e quarto módulo do EJA.

O governo publicou dia 8 de outubro, um protocolo de procedimentos que devem ser seguidos para precauções do vírus, entre outras informações, como servidores dentro do grupo de risco que não precisam retornar no momento. A medida autorizada pelo governo do Rio de Janeiro para volta às aulas, depende ainda, de cada prefeitura municipal aderir ou não o retorno.

As aulas presenciais de todas as redes de ensino foram interrompidas em março deste ano, em decorrência da pandemia causada por Covid-19. As instituições privadas, já haviam sido autorizadas no início de setembro.

Os estudantes do Ensino Fundamental; do primeiro e segundo ano do Ensino Médio; e dos primeiros módulos EJA, permanecerão tendo aulas remotas. Os jovens do terceiro ano do Ensino Médio e quarto módulo do EJA poderão optar por ensino remoto ou presencial.

O objetivo principal da retomada presencial para estes casos, é para que os alunos não fiquem sem o preparo do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, que será aplicado em janeiro e fevereiro do próximo ano (versões impressa e digital).