Unicamp prorroga suspensão das atividades presenciais até 30 de abril

23/03/2020 - 14h37 - Por Karoline Figueiredo

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) prorrogou até 30 de abril, a suspensão das atividades presenciais devido a pandemia causada pelo coronavírus (COVID-19). A medida anterior tinha data prevista para encerramento dia 12 de abril.

A determinação inclui os Câmpus de Campinas (SP), Limeira (SP) e Piracicaba (SP). De acordo com a instituição, cerca de 50 mil pessoas circulam apenas na unidade de Campinas.

Os servidores que não exercem atividades essenciais deverão permanecer em quarentena e em teletrabalho no período. As atividades administrativas essenciais poderão ser realizadas em regime de contingenciamento ou rodízio.

Conforme resolução publicada, as atividades essenciais são as seguintes:

  • Atividades assistenciais de saúde e hospitalares, inclusive do CEB;
  • Atividades administrativas de suporte às atividades assistenciais de saúde;
  • Serviço de limpeza das áreas hospitalares e demais áreas em funcionamento presencial;
  • Serviço de vigilância;
  • Serviço de alimentação;
  • Serviços administrativos necessários para continuidade do funcionamento da Universidade;
  • Serviços de suporte de TI;
  • Atividades que requerem cuidados pessoais, como biotéricos, estufas e equipamentos de grande porte que não podem ser desligados.

Para mais informações acesse o portal da Unicamp.