UNICEF e OPAS publicam licitação para aquisições de vacinas contra Covid-19

13/11/2020 - 15h24 - Por Karoline Figueiredo

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) em conjunto com a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) divulgaram a abertura de licitação para que desenvolvedores de vacinas contra Covid-19 apresentem propostas para fornecimento em 2021.

O propósito da licitação é disponibilizar, no mínimo, 2 bilhões de doses de vacinas contra Covid-19, conforme plano de implementação de acesso global à vacina contra o vírus. A iniciativa provém da Covax Facility, liderada pela GAVI (Aliança para Vacinas). Segundo a UNICEF, o objetivo é assegurar o acesso equitativo e acelerado a vacinas de qualidade garantida para as 186 economias participantes até os dias atuais.

Os fabricantes que esperam ter suprimentos disponíveis até o final de 2021 (no máximo), podem responder à licitação. Fabricantes que já assinaram compromisso de compra antecipada com a GAVI, ou que possuem acordos preexistentes com a Coalizão para Inovações em Preparação para Epidemias (CEPI) no desenvolvimento de vacinas, também estão aptos a participar da licitação.

A UNICEF ressalta a necessidade de um processo de aquisição inovador que garantirá vacinas de qualidade contra a Covid-19. A cooperação por tanto, envolve os 186 participantes sob a Covax Facility (para qual os fabricantes de vacinas podem apresentar propostas), a UNICEF e OPAS. Das 186 economias, 92 destas são de renda baixa, e receberão apoio financeiro por meio do Compromisso de Mercado Antecipado (AMC) da Covax.

A UNICEF é o maior comprador de vacinas no mundo, adquirindo anualmente, mais de 2 bilhões de doses de vacinas para vacinas para imunização e resposta de surtos em nome de quase 100 países. A OPS trabalha com países das Américas para melhorar a saúde e qualidade de vida da população. A Covax Facility é coliderada por GAVI, CEPI e OMS (Organização Mundial de Sáude) e atua no desenvolvimento, na produção e no acesso equitativo, nos testes, tratamentos e vacinas contra à Covid-19.

A licitação tem prazo de seis semanas, contando a partir de 12 de novembro de 2020. Para mais informações acesse o portal da UNICEF.