University of Cape Town Business School fortalece sua posição global

31/01/2019 - 16h01 - Por PRNewswire





Certificações globais ajudam a salientar o valor de estudar em um mercado emergente, dizem especialistas.

CIDADE DO CABO, África do Sul, 31 de janeiro de 2019 /PRNewswire/ -- A University of Cape Town Graduate School of Business (UCT GSB) da África do Sul e 14 outras escolas de administração de empresas do mundo inteiro foram credenciadas novamente com o selo EQUIS de aprovação da European Foundation for Management Development (EFMD).

A EFMD concedeu seu European Quality Improvement System (EQUIS) para a UCT GSB, porque a escola apresentou uma melhora contínua de qualidade seguindo os padrões internacionais em matéria de administração, programas, estudantes, professores e pesquisas bem como inclusão, ética, responsabilidade e sustentabilidade.

"A UCT GSB considera uma honra compartilhar a certificação EQUIS com escolas de administração de empresas de renome do mundo inteiro", declarou Kosheek Sewchurran, diretor interino da UCT GSB Business. "Isso mostra que nosso compromisso com a globalização, bem como nossos esforços para manter a escola de administração de empresas na vanguarda do ensino de administração na África está realmente valendo a pena".

A UCT GSB é uma das 14 escolas que foram credenciadas novamente e passa a pertencer às únicas 180 escolas de administração de empresas de 44 países que possuem a certificação EQUIS. A instituição de ensino foi a primeira escola de administração de empresas da África do Sul a obter a certificação EQUIS em 2001 e a mantém com êxito há mais de 17 anos. Além disso, é uma das três únicas escolas de administração de empresas da África a ter três tipos de certificações, também é certificada pelo Advance Collegiate Schools of Business (AACSB) e pela Association of MBAs (AMBA).

"As certificações visam melhorar os padrões de ensino de administração de empresas e promover a excelência no desenvolvimento do gerenciamento, e as escolas precisam se inscrever para receber a certificação a cada três ou até cinco anos, por isso é um exercício contínuo de autoavaliação e aperfeiçoamento", declarou o Professor Associado Sewchurran.

Sewchurran acrescentou que a mobilidade internacional no mundo global dos negócios da atualidade é um requisito essencial e que as certificações ajudam as escolas de mercados emergentes a demonstrar sua relevância internacional, possibilitando atrair estudantes e professores internacionais que estão procurando se diferenciar no ambiente competitivo atual.

O QS Global Employer Survey Report (Relatório sobre Pesquisa com Empregadores) descobriu que mais de 80% dos 10.000 empregadores de 116 países dos cinco continentes procura ativamente os graduados que estudaram no exterior. Em uma economia global, experiência internacional, competências interculturais, adaptabilidade e experiência prática são extremamente valorizadas.

"Um MBA em uma economia de mercado emergente de crescimento rápido oferece tudo isso e muito mais para estudantes internacionais", declarou Sewchurran. "Devido aos altos níveis de complexidade e incerteza que estes mercados apresentam, eles se tornam um terreno fértil para estudantes de administração de empresas à procura de uma vantagem".

"Um MBA em um mercado emergente é uma experiência rica em soluções inovadoras - o fator vital das empresas modernas", disse concordando Amena Hayat, gestora de carreiras profissionais da UCT GSB. E porque grande parte da inovação dos mercados emergentes é causada por uma necessidade muito real de solucionar desafios, como falta de cuidados de saúde ou educação, por definição, ela se preocupa com a sustentabilidade – o que oferece outra faceta interessante à graduação, acrescentou ela.

Estudar em um mercado emergente também pode ajudar o aluno a cultivar atitudes positivas, melhorar sua capacidade de colaboração intercultural e aprender a ter humildade.

"Enquanto muitas das escolas melhores classificadas do mundo inteiro oferecem opções de viagens e semestre de estudos no exterior para estudantes - o valor de uma imersão completa de um ano neste ambiente prepara você para o mundo real dos negócios de maneira inigualável", disse Hayat.

Um MBA em um mercado emergente também pode oferecer aos estudantes bom custo-benefício, pois as taxas na moeda local são mais favoráveis do que àquelas em dólares, euros ou libras.

"Quando você combina isso com a solidez da certificação e da imersão em negócios fronteiriços, há uma tremenda vantagem oferecida para estudantes internacionais", disse Hayat.

Publicado por: Rothko PR em nome da UCT Graduate School of Business

Dados de contato: Michelle Ford, +27-21-448-9457, Rothko PR, 225 Lower Main Road, Observatory, Cidade do Cabo

 

FONTE The University of Cape Town Graduate School of Business (UCT GSB)