Chocolate

Por Emerson Santiago
O chocolate é um alimento derivado da amêndoa fermentada e torrada do cacau. Consumido no mundo inteiro, é importante componente da indústria alimentícia, além de ter papel fundamental na economia de vários países do globo. Sua árvore é o cacaueiro, planta típica de clima tropical, que encontra no Brasil um ambiente ideal para o seu cultivo, em especial nas regiões do Espírito Santo e o sul da Bahia, em Ilhéus. O Brasil é o maior produtor de chocolate da América Latina e um dos maiores do mundo ao lado da Costa do Marfim, Gana e Equador. Segundo cientistas, o lar original do cacau ficava nas florestas da região do rio Amazonas, ou na região do Orinoco, na Venezuela. Colombo teve a oportunidade de, durante sua quarta viagem à América, conhecer os grãos de cacau, mas não lhes deu atenção.

Foto: Melica / Shutterstock.com

Foto: Melica / Shutterstock.com

Os relatos dão conta de que os primeiros a consumir chocolate regularmente, por volta de 1500 a.C. foram os membros da civilização Olmeca, habitantes dos atuais México e Guatemala. Posteriormente, Maias e Astecas povos da mesma área, desenvolvem o costume de beber chocolate, produto considerado sagrado. As sementes eram torradas e misturadas a iguarias como por exemplo pimenta, uma base de milho fermentado e especiarias, resultando em um sabor bem diferente do que se conhece hoje. Nas cerimônias religiosas, o cacau torrado era servido com especiarias e mel.

É por meio do comércio realizado pelos conquistadores espanhóis que o chocolate chega à Europa, acabando por se difundir pelo mundo todo. No início, é considerado um alimento especial por seu valor nutricional e energético e somente mulheres, sacerdotes e nobres o consumiam em cultos da Igreja Católica. Por volta de 1700 as "Casas de Chocolate" começaram a competir com as "Casas de Café" em Londres.

Com a Revolução Industrial, a invenção de diversas máquinas torna possível a produção em massa, além de fazer com que os produtos ficassem mais baratos. O mesmo acontece com a indústria do chocolate. Gradualmente, o cacau vai se popularizando e se diversificando com a adição de outros ingredientes. Em 1828 o fabricante holandês Conrad van Houtten descobriu um método de extrair a gordura dos grãos de cacau moídos, e transformá-la em manteiga de cacau. O hábito de comer chocolate em pedaços só se tornaria popular 20 anos depois em 1847, quando uma firma inglesa, Fry and Sons, começou a produzir chocolate doce em barras para comer (e não apenas chocolate em pó para beber), misturando o cacau moído com manteiga de cacau e açúcar. Na Suíça finalmente surge a mistura consagrada de chocolate, leite e açúcar, dando origem ao chocolate como conhecido nos dias atuais.

Bibliografia:
História do Chocolate/Efeitos do Chocolate. Disponível em: <http://www.mundodastribos.com/historia-do-chocolate.html> Acesso em: 01 jun. 2012.
MINDEL, Nissan. A história do chocolate. Disponível em: <http://www.chabad.org.br/biblioteca/artigos/chocolate/home.html> Acesso em: 01 jun. 2012.