Sistema Digestivo dos Platelmintos

Por Débora Carvalho Meldau
Quando o sistema digestivo está presente nos platelmintos, possui uma única abertura, constituindo boca, faringe e intestino, que termina em fundo cego (caso das planárias e esquistossomos). As tênias (cestóides) não possuem qualquer rudimento de sistema digestivo e se nutrem por absorção através da vasta superfície corporal.

Os membros da classe Turbellaria, são, provavelmente, os mais primitivos de todos os animais bilaterais existentes. São predadores e saprófagos, sendo sua digestão iniciada a nível extracelular, passando em seguida para nível intracelular. As espécies menores possuem um intestino simples com formato de um saco com uma faringe simples ou bulbosa. Já as espécies maiores possuem esse órgão ramificado e uma faringe plicada, geralmente tubular.

Os trematódeos possuem ventosas, utilizadas na fixação desses parasitas ao hospedeiro. É encontrado intestino e, em certas espécies, a boca anterior associa-se a uma segunda ventosa.

Como o sistema circulatório está ausente nos platelmintos, são as ramificações do sistema digestivo que auxiliam na distribuição do alimento pelo organismo desses animais.

Fontes:
http://www.algosobre.com.br/biologia/platelmintos.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/Platelmintos
http://www.todabiologia.com/zoologia/platelmintos.htm
http://kentsimmons.uwinnipeg.ca/16cm05/16labman05/lb5pg6.htm