Domesticação

De acordo com a definição Grande Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, domesticação significa “ato, processo ou efeito de domesticar ou domesticar-se; dominação, sujeição”.

Foto: Dora Zett / Shutterstock.com

Foto: Dora Zett / Shutterstock.com

Sistema utilizado desde o período pré-histórico, a domesticação de plantas e animais consiste em adaptar e selecionar um grupo de seres vivos que possui características úteis para facilitar a vida dos humanos. Criada pelos seres humanos, a domesticação causou modificações nas características de diversas espécies ao longo dos anos. Com sua constante prática e aperfeiçoamento a cada geração, foram formadas raças como as dos gatos, cães, vacas, porcos, galinhas, ovelhas, coelhos, cabras, entre outros animais domésticos que são utilizados para companhia, alimentação ou na prática da pecuária.

Em uma escala temporal, o processo de domesticação acompanha a história da humanidade com sua utilização adaptada de acordo com cada período. No início, os seres humanos faziam uso de animais para alimentação. Porém, o homem começa a verificar que os animais apresentavam características que poderiam ajudá-lo no trabalho como, por exemplo, no fornecimento de transporte e vestimenta. Em seu estado natural, a tendência é que os animais se defendam dos seres humanos ou os cacem como predadores. Porém, com a domesticação, os animais começam a ter um comportamento dócil e submisso aos humanos. Ocorre um processo evolutivo em que as espécies interagem e vivem com os seres humanos.

Porém, a domesticação é um assunto controverso. Ingrid Newkirk, cofundadora do PETA (People for the Ethical Treatment of Animals), é declaradamente contrária à interferência humana na vida dos animais. Ela também discorda da utilização de animais domésticos como cães e gatos para companhia humana, buscando a liberdade para as espécies subjugadas.

Já na opinião de Stephen Budiansky, autor de livros de ciência e história, “o processo de domesticação é natural e possibilita inúmeras vantagens para os animais e para os seres humanos". Segundo ele, os animais optariam pela domesticação para fugir da vida dura na natureza selvagem, escolhendo o conforto do cativeiro à dureza da cadeia alimentar, sendo que algumas espécies escaparam da extinção através da domesticação.

Entre os principais animais mamíferos domesticados estão: cão, ovelha, cabrito, porco, gado, dromedário, burro, cavalo, búfalo-asiático, gato, porquinho-da-índia, lhama, camelo-bactriano, coelho, rena, furão doméstico, hamster-sírio e elefantes de carga. Entre as aves, encontram-se: ganso, galinha, marreco, pavão, cisne, peru, pato, pombo, rola doméstica, canário e subgêneros destas espécies. Abelhas, bicho-da-seda, cyprinidae e vegetais como tomate, trigo, arroz e milho também são domesticados.

Fontes:
http://www.portalbrasil.net/educacao_seresvivos_domesticacao.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/Domestica%C3%A7%C3%A3o
http://casa.hsw.uol.com.br/domesticacao-de-animais.htm
http://www.budiansky.com/home.html

Arquivado em: Biologia