Massagem Cardíaca

Por Débora Carvalho Meldau
A massagem cardíaca é uma manobra que objetiva garantir a oxigenação dos órgãos quando ocorre uma parada cardiorrespiratória. Nesta situação, não há bombeamento de sangue para os órgãos vitais do corpo, como cérebro e coração, e estes acabam por entrar em processo de necrose.

As técnicas de massagem cardíaca mudam constantemente. No entanto, nem sempre foi assim. No ano de 1960, Kouwenhoven, Jude e Knicherbocker foram os primeiros a sugerirem que compressões realizadas contra a parede torácica na região correspondente à metade da linha imaginária que passa sobre os mamilos, seriam capazes de garantir a circulação sanguínea para o cérebro e para a musculatura do coração, em casos de parada cardíaca. Por conseguinte, foi incluída a respiração boca-boca às compressões para manter a oxigenação tecidual. Naquela época, o ritmo recomendado era de 5 para 2, ou seja, 5 compressões torácicas intercaladas com 2 respirações boca-boca.

Há  algum tempo atrás, especialistas demonstraram que as compressões deveriam ser mais frequentes, sendo o ritmo modificado para 15 compressões seguidas de 2 respirações boca-boca. Atualmente, a técnica utilizada é a de 30 compressões para cada 2 respirações.

O reconhecimento da parada cardíaca é simples, basta chamar a pessoa que desmaiou. Caso a pessoa esboce alguma reação, o coração não está parado. No entanto, quando não há reação, o primeiro passo é chamar socorro especializado. As massagens devem ser iniciadas o mais depressa possível, até a chegada do resgate ao local.

A massagem cardíaca deve ser realizada da seguinte forma:

  • Coloque a vítima deitada de costas em uma superfície dura;
  • Com os braços estendidos, posicione suas mãos sobrepostas na metade inferior do esterno;
  • Os dedos devem permanecer abertos sem tocar a parede torácica;
  • Em seguida, exerça uma pressão, vigorosamente, para que o esterno abaixe, comprimindo o coração em direção à coluna vertebral;
  • Descomprima em seguida.

A manobra deve ser iniciada com duas respirações boca-boca, e por conseguinte, 30 compressões cardíacas seguidas, continuando essa intercalação até que o ritmo cardiorrespiratório seja restabelecido.

Fontes:
http://www.webbusca.com.br/saude/mass_cardiaca.htm
http://www.drauziovarella.com.br/ExibirConteudo/6351/massagem-cardiaca
http://pt.wikipedia.org/wiki/Reanima%C3%A7%C3%A3o_cardiorrespirat%C3%B3ria
http://comunidade.bemsimples.com/saude/w/saude/Aprenda-a-fazer-a-massagem-cardiaca.aspx
http://systolicvn.com/SCDICD.html

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.