Nobel e a Dinamite

Licenciatura Plena em Química (Universidade de Cruz Alta, 2004)
Mestrado em Química Inorgânica (Universidade Federal de Santa Maria, 2007)

A nitroglicerina, explosivo de alto poder de detonação, apresenta uma grave desvantagem em relação a qualquer outro explosivo: é altamente  instável ao manuseio, ou seja, apresenta a sua manipulação e seu transporte muito dificultosos. Esse problema praticamente impediu o uso da nitroglicerina durante muito tempo, mesmo muitos homens morreram tentando encontrar uma solução. Esse problema fora resolvido pelo químico sueco Alfred Nobel, homenageado no Prêmio Nobel.

Alfred Bernhard Nobel, químico e inventor sueco, nasceu em 21 de outubro de 1883, na cidade  de Estocolmo, Suécia; faleceu em 10 de dezembro de 1896, em San Remo, Itália. Filho de Immanuel Nobel e de Andrietta Ahlsell, seu pai era engenheiro civil, inventor e empresário.
http://www.infoescola.com/biografias/alfred-nobel/

Nobel, por muitos anos trabalhava com a nitroglicerina, que na época era unicamente produzida a partir do glicerol e do ácido nítrico. Nessa época já eram muito frequentes os acidentes com o explosivo, incluindo aquele que teria tirado a vida de seu irmão Emil Nobel. As autoridades viriam a suspender todos os testes com a nitroglicerina por não encontrarem formas de manipulação segura.

A solução para esse problema seria encontrada por Nobel em 1864, a experimentar adicionar à nitroglicerina alguns aditivos e substâncias mais diversas, até que um tipo de argila viria a promover a estabilidade necessária à nitroglicerina, transformando um líquido altamente instável em um composto sólido e maleável. Já no ano seguinte Nobel patenteou a sua descoberta com a denominação de dinamite, a qual se assemelha muito à dinamite utilizada atualmente, sobretudo no meio da construção civil.

E essa era a utilização da dinamite prevista por Nobel, única utilização. Mas logo a sua intenção fora ignorada. Na segunda guerra mundial a dinamite foi utilizada como uma arma altamente mortal. Nobel percebeu que seu nome estaria para sempre associado a quem produziu um explosivo extremamente mortal. Para amenizar a situação, criou então um instituto para promover a paz planetária, o qual hoje distribui prêmios àqueles que se destacam em várias áreas. Dessa forma, percebe-se que algumas vezes a intencionalidade inicial não corresponde à execução de uma atividade, o que pode ocorrer na esfera das ciências ou em qualquer outra de nossa sociedade.

Arquivado em: Curiosidades, Química