Um pouco da História da Física

Por Gláucio da Silva Freitas
A séculos atrás, ou quem sabe até milênios, o homem sempre buscou um conhecimento mais detalhado do que realmente acontece em sua volta. O comportamento de observação dos objetos, e suas particularidades, a análise feita dos movimentos realizados e fenômenos observados, puderam se solidificar e representar hoje algo na física.

Entender também fenômenos naturais, como por exemplo a chuva, trovões, raios, a ação de ventos, força de correnteza em nossos rios, quedas naturais levam a um grande questionamento dentro da física que de forma clara contribuiu para a formulação de novos conceitos. No início muitas teorias podem ter sido mal formuladas pelo homem, mas depois com o passar dos anos e auxilio de mecanismos não existentes no passado, ficava mais difícil para a elaboração de conceitos mais precisos. Nos tempos de hoje conseguimos visualizar perfeitamente com o auxilio de ferramentas tecnológicas que também curiosamente vieram de uma época milenar, e também sofreram adaptações com o passar dos tempos. Tudo que nos rodeia hoje também cabe mais em um espirito investigativo, com pensamentos filosóficos e formulações teóricas ligadas a física, mas ligados a materiais de grande auxilio e ferramentas que apesar de sofrer as adaptações com o passar dos anos sempre vem a somar.

Vários povos tiveram muita contribuição para o início da história da física, formulando conceitos e teoremas até hoje utilizados em seus respectivos estudos. Os gregos com seus conhecimentos modernos no início do estudo da física com suas “experiências grosseiras” de resultados não muito exatos. Lembremos de Arquimedes de Siracusa, um matemático que teve na hidrostática, tópico da física, que formulou um teorema com seu nome, o Príncipio de Arquimedes, mais conhecido como força de empuxo. Os persas tiveram uma importante contribuição, as colaborações vindas da índia, que hoje podemos observar claramente no estudo da física moderna.

A partir do século XII a física começou a ganhar força em pesquisas, e formulações teóricas, associada no início timidamente a matemática. Estendendo durante boa parte da Idade Média com novos conceitos e aplicações.

Nos séculos XVII em adiante a física pode ter dado um salto muito grande no que se trata de conceitualização e resultados e experimentos com mais recursos do que os até então conhecidos. Foi nessa época que Issac Newton publicou o Principia Matehematica, abordando tópicos como o de Mecânica clássica e Gravitação universal.

Um grande conceito estudado hoje apareceu logo em seguida que é a Termodinâmica (século XVIII) por Robert Boyle e Thomas Young. No século seguinte o comportamento da eletricidade, conceitos famosos como a gaiola de Faraday foram aparecendo. O século XX foi o de revoluções na física que contribuem muito para uma análise mais elaborada de conceitos e teoremas formulados anteriormente além de novos temas, como o da física moderna.

Bibliografia:
Física vol 1- Beatriz Alvarenga e Antônio Máximo