Asma

A asma é uma doença que atinge boa parte da população brasileira, tanto os adultos como as crianças. Sendo que na infância as crianças estão mais propicias ao aparecimento dos sintomas. É conhecida como doença inflamatória crômica, pois irrita ou inflama as vias respiratórias causando a tosse, chiado ou aperto no peito, por isso as pessoas com asma encontram muita dificuldade para respirar em seus momentos de crise.

Pode ser alérgica, causada por contato com fumaças, produtos químicos e mudanças de climas, mais conhecido como bronquite alérgico ou bronquite asmático sendo que nos casos mais avançados destes o termo correto asma.

Vamos compreender os termos:

  • Crônica, pois não tem cura, mas, pode ser tratada e manter um controle das crises e sintomas;
  • Inflamatória porque seu tratamento é através de anti-inflamatórios;
  • Bronquite corresponde à inflamação dos brônquios;
  • Asma significa infecção causada por vírus e bactérias.

Portanto nem sempre uma alergia é asma. E seus sintomas podem variar de pessoa à pessoa. Muitas pessoas ao praticar exercícios físicos sentem certo cansaço. Para detectar se os sintomas é asma somente com auxílio de um médico especialista.

A asma tem quatros tipos característicos:

  • O não continuo - que os sintomas aparecem com intervalos de curta duração;
  • Leve – que sempre aparece em atividades diárias interrompendo o sono, estas crises não são freqüentes;
  • Moderado – são sintomas diários atrapalham o sono e as atividades diárias;
  • Grave – é a característica mais preocupante, com sintomas contínuos, muita freqüência, a pessoa é impossibilitada de exercer qualquer exercício físico.

A doença causa alterações na postura dos indivíduos, afetando a coluna vertebral e o tórax, atrapalhando no funcionamento dos pulmões. Porém são muitos os fatores que desenvolve as crises, as alergias, os exercícios físicos, alimentação, remédios, até mesmo o emocional.

Está em andamento o estudo se pode ser um fator hereditário, mas ainda não se comprovou nada.

A principal forma de se evitar as crises é manter a higiene do ambiente onde mora e trabalha, conservando boa aeração e luminosidade do recinto procurando evitar a proliferação de fungos e bactérias que iram desencadear o processo asmático.

A pessoa com asma deve ter dois tipos de medicamentos um de alívio para as crises e outro de manutenção todos indicados pelo médico, os mais conhecido são os broncodilatadores, toda pessoa com asma deve ter em seu alcance.

Como a cultura brasileira tem muitos mitos para a asma também existem alguns, a bombinha vicia, chás e simpatias possui efeito curativo. Nada disso adianta, o melhor e prevenir qualquer infecção nas vias respiratória procure um medico para se orientar e se estiver com asma mantê-la controlada.

O paciente na idade escolar deve passar por exames médicos para verificar o estágio da doença, a fim de verificar se podem fazer exercícios físicos, mesmo com a orientação medica seus exercícios devem ser moderados para evitar crises.

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.