Cinetose

Por Débora Carvalho Meldau
A cinetose, também conhecida como enjôo de movimento ou mal do movimento, é uma afecção que se caracteriza por apresentar um quadro de náuseas, com presença ou ausência de vômito, que afeta certas pessoas quando se encontram em movimento dentro de qualquer meio de transporte, em consequência de uma perturbação do sistema vestibular que é responsável pelo equilíbrio.

Esta doença afeta tanto crianças quanto adultos, porém é mais comumente observada em crianças do sexo feminino. Com a idade, essa condição pode ser minimizada ou desaparecer por completo.

A cinetose surge quando o cérebro recebe informações desconexas dos sistemas vestibular, visual e proprioceptivo. Nessa doença, esses sistemas são “burlados”. Isso pode ser exemplificado por uma viagem de ônibus: quando o corpo está parado, mas o ambiente onde este se encontra está em movimento, as informações que chegam ao cérebro podem ser conflitantes. Em outras palavras, o que é visto (movimento) distingue-se do que é sentido (sensação de estar parado).

Dentre as manifestações clínicas, encontram-se:

  • Náuseas;
  • Vômitos;
  • Vertigens;
  • Cefaléia e/ou enxaqueca;
  • Palidez;
  • Sudorese;
  • Nistagmo;
  • Sialorréia;
  • Fadiga;
  • Dificuldade para ler ou assistir televisão;
  • Visão desfocada ou duplicada;
  • Problemas de memória;
  • Raciocínio lento.

O diagnóstico deve ser realizado pelo médico otorrinolaringologista.

O tratamento é a base de fármacos que auxiliam na redução dos efeitos dos sinais desconexos que levam à cinetose. Estes fármacos atuam melhor quando utilizados previamente ao surgimento dos sintomas.

Existem algumas medidas que ajudam na prevenção da cinetose, como:

  • Sentar-se no banco da frente em automóveis ou próximo de janelas;
  • Manter as janelas do veículo abertas;
  • Durante viagem, procurar focar o campo visual em locais distantes ou em paisagens;
  • Evitar olhar para os lados quando em movimento;
  • Evitar ler, jogar videogame, utilizar laptop ou atividades similares quando o veículo estiver em movimento;
  • Não ingerir alimentos pesados antes de viajar;
  • Não viajar de ônibus em pé;
  • Em viagens de avião, procurar sentar próximo ao corredor;
  • Em parques de diversão, evite brinquedos que girem ou virem de ponta-cabeça;
  • Evitar ingerir bebidas alcoólicas antes de viagens;
  • Tentar evitar atividades físicas que envolvam esteira ou bicicleta ergométrica.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Cinetose
http://www.mdsaude.com/2010/10/cinetose-enjoo-movimento.html
http://viagem.hsw.uol.com.br/como-lidar-com-enjoo-de-movimento.htm
http://drleandromattiola.blogspot.com/2010/01/cinetose.html
http://www.arquivosdeorl.org.br/conteudo/acervo_port.asp?id=319
http://www.minhavida.com.br/conteudo/13407-Cinetose-e-a-causa-de-enjoos-durante-longas-viagens.htm

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.