Eritroplasia de Queyrat

A eritroplasia de Queyrat consiste em um tipo de lesão pré-cancerígena tipicamente localizada no pênis, mas que também pode acometer a vulva, uretra, mucosa oral, língua e conjuntiva, caracterizando-se pela presença de placas avermelhadas, de aspecto aveludado, finamente granulosa e bem delimitadas.

Esta lesão pode evoluir para carcinoma de células escamosas, evidenciando assim uma clara relação entre eritroplasia de Queyrat com o Papilomavírus humano.

Deve-se fazer o diagnóstico diferencial, sendo que este engloba a balanopostite crônica, psoríase, líquen plano, balanite plasmocítica, candidíase e eritema fixo.

O diagnóstico é alcançado por meio de uma biópsia.

O tratamento é baseado no uso de fármacos de aplicação tópica contendo fluorouracil. Como alternativa, pode ser feita a retirada do tecido alterado.

Esta patologia costuma acometer homens não circundados, havendo alguns fatores que aumentam o risco de seu aparecimento, como o acúmulo de esmegma, a precária higiene, fricção e presença de determinadas lesões.

Fontes:
http://www.tuasaude.com/eritroplasia-de-queyrat/
http://es.wikipedia.org/wiki/Eritroplasia_de_Queyrat
http://www.esteticaportoalegre.com.br/cancer-de-pele-espinocelular-insitu.html

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.
Arquivado em: Doenças