Caminhada

Por Michele Borges
A necessidade de uma atividade física muitas vezes é desconhecida.

Caminhada. Foto: © iStock.com / barsik

Caminhada. Foto: © iStock.com / barsik

A prática deste exercício reduz níveis de colesterol ruim (LDL e VLDL) e aumenta o bom (HDL).

A caminhada ajuda a evitar ansiedade, depressão, osteoporose, artrose, acidente vascular e câncer de intestino, auxilia no tratamento de diabetes, provoca a oxigenação do cérebro por ser uma atividade aeróbica, e se praticada rotineiramente, libera endorfina que são hormônios capazes de tranquilizar e dar a sensação de bem estar.

Caminhar é uma atividade democrática, excelente para socialização, que pode ser praticada por qualquer pessoa de qualquer idade, desde que alguns cuidados sejam tomados.

Conforme o Dr. Kenneth Cooper (o criador do “Cooper”), caminhar três vezes na semana, em ritmo acelerado por trinta minutos, reduz em 58% o risco de doenças cardiovasculares, que causam morte.

A alimentação, como em qualquer outra atividade física, é importante para um bom resultado. Caminhar sem se alimentar não é adequado, pois o organismo precisa de muitos nutrientes para acionar os músculos, por isso é primordial manter uma alimentação balanceada.

Outro aliado para a caminhada é a  ingestão de água. Durante a prática do exercício, a temperatura do corpo eleva, e naturalmente perde-se líquidos, sendo assim, é recomendado a ingestão de no mínimo dois litros de água, durante a depois do exercício.

As passadas devem ser curtas para evitar torções e quedas e se desejar mais rapidez, diminua o intervalo entre cada passo, a pisada deve começar pelo calcanhar e depois aterrissar a planta dos pés no chão. A postura é importante, deve-se caminhar com a cabeça na altura dos ombros olhando aproximadamente vinte metros a frente contraindo o abdome, os membros devem ser sincronizados, quando o pé esquerdo vai a frente o braço direito também vai e vice versa.

O alongamento é  fundamental tanto antes como depois da prática do exercício. Antes para o aquecimento dos músculos e depois para evitar dores.

Roupas e tênis adequados são essenciais. A roupa deve ser confortável, preferencialmente em tecidos de algodão e o tênis deve ter um solado que amorteça os impactos no joelho e tornozelos.

Para uma caminhada saudável, comece com passadas moderadas e um tempo de 45 minutos na primeira semana, na segunda semana, passe para 60 minutos.

A frequência deve ser de quatro a cinco vezes na semana no mínimo para melhora de peso e condicionamento físico , sendo o ideal 7 vezes na semana.

Fontes:
http://www.cenafe.com.br/personal/artigos/caminhar_faz_bem.htm
http://www.ortopediaesaude.org.br/index.php?option=com_content&task=view&id=252&Itemid=51
http://www.via6.com/topico.php?tid=92515