Diferença de Potencial

Por Thiago Trigo
A diferença de potencial (d.d.p) também denominada de tensão elétrica (V) é uma grandeza física que esta intimamente ligada ao conceito de corrente elétrica, então iniciaremos nosso estudo relacionando brevemente a definição de corrente elétrica com o aprendizado da diferença de potencial.

Inicialmente devemos lembrar a definição de corrente elétrica, afinal o que é corrente elétrica? Corrente elétrica é o fluxo ou movimento de partículas carregadas em um condutor de forma ordenada. Porém para “existir” corrente elétrica entre dois pontos deve-se haver uma diferença de potencial elétrica entre os mesmos dois pontos.

Para entendermos a d.d.p, relembremos o seguinte: todo corpo que está eletrizado, recebeu ou cedeu elétrons. Como a carga de um elétron é representada por (-) o corpo que recebeu elétrons fica carregado negativamente (denominado de íon negativo ou ânion), já o corpo que cedeu elétrons ou perdeu fica carregado positivamente, pois o mesmo tem falta de elétrons, denominado de íon positivo ou cátion. Portanto esse desequilíbrio de cargas entre dois corpos revela que ambos têm um potencial elétrico diferente, ou seja, existe uma diferença de potencial elétrica.

Então consideremos um dispositivo capaz de manter uma diferença de potencial entre dois corpos. Esses “dispositivos” são denominados de geradores, ao qual comumente podemos associar a uma simples pilha. Por exemplo, de acordo com a figura abaixo a pilha (gerador elétrico) mantém entre seus terminais + e – uma diferença de potencial elétrico V= V(+) –V(-). Quando ligamos os terminais desse gerador a um condutor (fio de cobre) ao filamento da lâmpada, a mesma se acende, pois ocorre um movimento de cargas elétrica no condutor (corrente elétrica).

Como foi dito a diferença de potencial é uma grandeza física expressa no SI por V(volts) em homenagem ao Físico Alessandro Volta.

Para concluir, existem dispositivos (instrumentos) capazes de medir a diferença de potencial elétrica, denominados de voltímetro.

Referência Bibliográfica:
Física Básica Volume Único- Nicolau e Toledo