Transcriptase Reversa

A transcriptase reversa é uma enzima, também denominada DNA-polimerase ou RNA-dependente, responsável por realizar o processo de transcrição, que corresponde a uma “cópia invertida”, de modo ao contrário em relação ao padrão celular. Em outras palavras, essa enzima polimeriza moléculas de DNA a partir de moléculas de RNA, o oposto do que comumente ocorre nas células.

É exatamente devido ao fato dessa enzima agir de modo “reverso”, que certos vírus como o HIV, entre outros, são chamados de retrovírus. Esses vírus injetam o seu material genético na célula hospedeira através da ajuda da enzima em questão utilizam os nucleotídeos presentes no citoplasma da célula para montar uma fita de DNA usando de base o seu material genético (a fita de RNA). Deste modo, o maquinário da célula hospedeira irá reconhecer a fita de DNA, que acabara de ser produzida, como não sendo estranha e, consequentemente, não a destruirá. Já a molécula de RNA do vírus será destruída pela enzima RNAse-H, por meio do processo de hidrólise.

O elucidamento desse processo permitiu o desenvolvimento da tecnologia da PCR (reação em cadeira da polimerase), que é um método de amplificação de DNA a partir de molecular (moldes) de RNA, que recebe o nome de RT-PCR (transcrição reversa – PCR).

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Transcriptase_reversa
http://www.virtual.epm.br/cursos/biomol/replica/html/8.htm

Arquivado em: Genética