Paisagens Urbanas e Rurais

Por Maíra Althoff De Bettio

Blocos temáticos e conteúdos: as paisagens urbanas e rurais, suas características e relações. Segundo Ciclo.

O ensino de Geografia, no que diz respeito às paisagens urbanas e rurais utilizadas no contexto escolar, deve levar em conta os ambientes em que os alunos estão inseridos, isto é, onde eles moram, frequentam, para que o aprendizado e compreensão tornem-se mais claros. Além disto, outros locais devem ser usados como explanação para que possíveis diferenças sociais e culturais possam ser comparadas com o lugar em que os estudantes encontram-se.

Dentre os blocos temáticos que o professor pode abordar dentro de sala de aula estão: O papel das tecnologias na construção de paisagens urbanas e rurais; Informação, comunicação e interação; Distâncias e velocidades no mundo urbano e no mundo rural; Urbano e rural: modos de vida.

O primeiro tópico citado trata da interferência do homem na modificação do cenário em que vive, isto é, como as pessoas superam suas dificuldades do dia a dia com a elaboração de técnicas e estratégias. A partir destas mudanças criadas pelo ser humano, pode-se discutir o que houve de bom e de ruim na vida atual, o que se tornou moderno ou antigo comparado com as criações de antigamente, quem se beneficia ou se prejudica com tais invenções, entre outros pontos.

Referente ao segundo item comentado no segundo parágrafo, de acordo com o próprio PCN de Geografia, “É possível estudar a história dos meios de comunicação, sua criação e seu significado social (p. 21)”, isto é, como determinados meio de comunicação interferem em uma sociedade. Quais as principais influências, tanto no ambiente rural como no urbano, sofridas pelo estudante e seus círculo de convívio são outras questões que podem criar um bom debate em classe.

Já distâncias e velocidades no mundo urbano e no mundo rural, como o próprio nome diz, pode ser usado para abordar a influência dos meios de transportes nas paisagens, além da comparação entre quais os transportes usados no campo e os utilizados na cidade e, ainda, como são – e como estão – os caminhos percorridos por tais automóveis, barcos, motocicletas, entre outros.

Finalizando, os modos de vida no urbano e rural, ou seja, as possíveis diferenças entre morar no campo ou na cidade. Além de ser necessária uma subdivisão entre os dois ambientes, pois o viver no campo de Nordeste diferencia-se do morar no meio rural no Sul, e o mesmo serve para o urbano.

Sendo assim, o educador que se apoia nesses, e em outros, blocos temáticos está contemplando diversos conteúdos, de diferentes dimensões; são elas: conceituais procedimentais e atitudinais. Segundo os Parâmetros Curriculares Nacionais, “são considerados como fundamentais para atingir as capacidades definidas para esse segmento da escolaridade (p. 21)”.

Fonte: PCN - Parâmetros Curriculares Nacionais - Geografia.