Endométrio

Por Marina Martinez
Endométrio é um tecido ricamente vascularizado que reveste a parede interna do útero. Esse tecido, rico em vasos sanguíneos e glândulas especializadas, são formados e destruídos periodicamente no período menstrual, em resposta às alterações hormonais. A função do endométrio é acolher e nutrir o embrião nos estágios iniciais da gravidez, oferecendo condições necessárias para a implantação e nutrição do óvulo fecundado, até a formação da placenta para permitir o transporte de nutrientes e oxigênio, entre mãe e feto. Quando não há fecundação, toda a camada funcional do endométrio é expelida, dando inicio ao processo de menstruação, um fenômeno de grande importância para a natureza feminina.

Este tecido esta sob constante influência dos hormônios ovarianos (estrogênio e progesterona) e ao longo do mês sua espessura e vascularização são alteradas. Isto acontece somente quando o útero já está bem desenvolvido, ou seja, na puberdade quando ocorre a primeira menstruação. Á partir de então, em todos os meses do ano, o endométrio fica mais espesso e rico em vasos sanguíneos, como preparação para uma possível gestação.

Nos humanos, o ciclo de construção e disseminação do tecido endometrial é de aproximadamente 28 dias, mas varia de um indivíduo para o outro e pode mudar em função de reações de estresse, estações do ano, perda ou ganho de peso. O sangue, característico da menstruação é devido a constrição e ruptura de vasos sanguíneos, liberando grande quantidade de água e de sangue, que saem pela vagina juntamente com partes da camada funcional do endométrio. Este sangue é principalmente de origem venosa. Somente na menopausa (em torno dos 50 anos) o processo de menstruação finaliza.

O endométrio é composto de duas camadas, a funcional e a basal. A camada funcional é adjacente à cavidade uterina e é ela que é expelida e reconstruída durante a menstruação. A camada basal, localizada ao lado do miométrio (camada intermediária do útero) e abaixo da camada funcional é responsável pela construção da camada interna após a menstruação. Esta camada contém todos os elementos que irá restaurar o endométrio para prepará-lo para uma gestação futura.

Assim como qualquer parte do corpo humano, o endométrio também esta sujeito ao ataque de vírus, bactérias e protozoários, responsáveis pelo aparecimento de doenças.  Quando o endométrio é atacado por um germe, acontece a endometrite, que é a inflamação do endométrio. Esta inflamação  pode ser ocasionada por outros fatores, como por exemplo devido a presença do DIU no útero. Outro tipo de complicação do endométrio, que afeta um grande número de mulheres em todo o mundo, é o câncer endometrial, que se refere a vários tipos de neoplasias que surgem a partir do endométrio. Este tipo de câncer ginecológico também é conhecido como câncer uterino. Por isto, é de extrema importância a visita periódica ao ginecologista para evitar possíveis complicações no útero.

Leia também:

Referências Bibliográficas:
http://www.drcarlos.med.br/artigo_037.html
http://www.ginendo.com/endometriose.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/Endométrio
http://pt.wikipedia.org/wiki/Útero