Tecido Conjuntivo Denso

Por Marina Martinez
O tecido conjuntivo denso também referido como tecido conjuntivo fibroso possui como principal constituinte fibras colágenas, que são caracteristicamente brancas (a fresco) e formadas pela proteína colágeno, principalmente colágeno tipo I que as tornam-na muito resistentes.

Estruturas das fibras e feixes colágenos

Essas fibras são produzidas por células jovens e fusiformes denominadas fibroblastos, que são as células mais frequentes encontradas neste tipo de tecido e cuja função é a de sintetizar colágeno, proteoglicano e elastina.

Fibroblastos

Para que os fibroblastos possam sintetizar o colágeno, que é um componente importantíssimo do tecido conjuntivo, é necessário, a presença de algumas substâncias, como a vitamina C (ácido ascórbico). A falta de vitamina C no corpo humano leva ao impedimento da síntese de colágeno e ao aparecimento de doenças que prejudicam o tecido conjuntivo denso e outros tecidos conjuntivos, como o escorbuto. Além disso, a deficiência dietética de vitamina C pode levar a anemia, gerar feridas na pele, gengivas ulceradas, dentes soltos, etc.

Por isso é importante uma alimentação balanceada para que os tecidos conjuntivos possam cumprir suas funções devidamente, pois os seres humanos são incapazes de sintetizar a vitamina C que é necessária não somente para a produção de colágeno, como também contribui na absorção de ferro. O consumo de frutas cítricas diariamente é fundamental e ajuda os fibroblastos trabalharem normalmente sintetizando o colágeno.

Por ser pobre em substância intercelular e amorfa, e rico em fibras principalmente as colágenas, o tecido conjuntivo denso possui como função fornecer resistência à tração e suporte.

Podemos classificar o tecido conjuntivo denso, de acordo com a organização das fibras de colágeno, em:

Tecido conjuntivo denso não modelado (fibroso): Esse tecido contém feixes de fibras colágenas distribuídas de maneira difusa, ou seja, não ordenadas. Os feixes de fibras também estão entrelaçados, conferindo-lhes grande resistência e elasticidade. Caracteriza-se por ser um tecido resistente a trações exercidas em várias direções. O T.C.D não modelado é encontrado na derme e em cápsulas envoltórias de vários órgãos tais como o fígado, rins, baço e testículos.

Tecido Conjuntivo Denso Não Modelado

Tecido conjuntivo denso modelado (tendinoso): Nesse tecido os feixes de fibras colágenas estão organizados paralelamente entre si, dando-lhe enorme resistência e pouca elasticidade ao tecido. Caracteriza-se por ser resistente a trações exercidas numa só direção. O T.C.D. modelado forma os tendões, que unem os músculos aos ossos do esqueleto; e os ligamentos, que são feixes de fibras contendo fibras colágenas e elásticas que conectam um osso ao outro.

Tecido Conjuntivo Denso Modelado

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Tecido_conjuntivo_denso
http://www.lia.ufc.br/~fabriciosb/histologia/conjuntivo-tipos.htm
http://www.ibb.unesp.br/departamentos/Morfologia/material_didatico/Profa_Patricia/Aula_tecido_conjuntivoI_09.pdf
http://biologia.ifsc.usp.br/bio1/apostila/bio1_parte_04.pdf