Exercícios - Guerra Fria

Lista de questões sobre a Guerra Fria, retiradas de provas de vestibulares e concursos.
Ler artigo Guerra Fria.

Exercício 1: (ADVISE 2009)

“A guerra consiste não só na batalha, ou no ato de lutar, mas num período de tempo em que a vontade de disputar pela batalha é suficientemente conhecida”.

A afirmação de Thomas Hobbes (1588 – 1679) se encaixa bem ao período conhecido como Guerra Fria, fenômeno pós Segunda Guerra Mundial, que durou cerca de 45 anos. No Brasil, um dos principais efeitos desta conjuntura internacional foi:


Exercício 2: (UFPR 2009)

Considere o trecho abaixo, sobre a Guerra Fria:

(...) apesar da retórica apocalíptica de ambos os lados, mas sobretudo do lado americano, os governos das duas superpotências aceitaram a distribuição global de forças no fim da Segunda Guerra Mundial, que equivalia a um equilíbrio de poder desigual mas não contestado em sua essência.
(HOBSBAWM, Eric. Era dos extremos: o breve século XX, 1995, p. 224.)

Sobre o tema, é correto afirmar:


Exercício 3: (UFSC 2012)

Sobre as relações geopolíticas no mundo atual, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S).


Exercício 4: (Enem 2009)

Do ponto de vista geopolítico, a Guerra Fria dividiu a Europa em dois blocos. Essa divisão propiciou a formação de alianças antagônicas de caráter militar, como a OTAN, que aglutinava os países do bloco ocidental, e o Pacto de Varsóvia, que concentrava os do bloco oriental. É importante destacar que, na formação da OTAN, estão presentes, além dos países do oeste europeu, os EUA e o Canadá. Essa divisão histórica atingiu igualmente os âmbitos político e econômico que se refletia pela opção entre os modelos capitalista e socialista.

Essa divisão europeia ficou conhecida como:


Exercício 5: (Enem 2009)

O fim da Guerra Fria e da bipolaridade, entre as décadas de 1980 e 1990, gerou expectativas de que seria instaurada uma ordem internacional marcada pela redução de conflitos e pela multipolaridade.

O panorama estratégico do mundo pós-Guerra Fria apresenta: