Castelo de Windsor

Por Ana Lucia Santana
O Castelo de Windsor está localizado no município de mesmo nome, no condado de Berkshire, na Inglaterra. Ele é o maior de todo o Planeta a ser ocupado, ainda que temporariamente, por seus moradores, há pelo menos 900 anos. Ao lado de outras residências reais, como o Palácio de Buckingham em Londres e o de Holyrood em Edimburgo, é um dos pontos mais significativos da realeza inglesa.

A família real aí permanece quase todo fim de semana, na Páscoa e durante a semana de ‘Ascot Real’, todo mês de junho, ao longo do Circuito de Corridas de Ascot, que fica próximo ao Palácio. Quando a rainha está hospedada nesta residência, a bandeira real é hasteada no alto da torre mais significativa da construção, a torre redonda ou ‘round tower’, que fica entre a área baixa, na qual é possível visitar a Capela de São Jorge, e a área alta, onde estão os dormitórios reais e a vasta Sala de Estado. Esta fortaleza circular é um elemento remanescente do antigo castelo de Guilherme, o Conquistador.

Um dos principais pontos turísticos desta residência real são a coleção de armas e a Casa de Bonecas da Rainha Maria. Conhecer a trajetória histórica do Castelo de Windsor é o mesmo que desvendar a história da realeza inglesa, pois ambos estão irremediavelmente vinculados. Quase todos os soberanos e as rainhas inglesas contribuíram, a sua maneira, para a edificação e o desenvolvimento do palácio.

Ele atuou algumas vezes como fortaleza militar, outras como moradia; já foi palácio oficial e também masmorra; até um cemitério Windsor sediou em suas dependências. Para compreender a evolução deste castelo é necessário acompanhar a sucessão de soberanos que nele se estabeleceram. Nos períodos pacíficos a tendência é ampliar seus cômodos, enquanto durante os confrontos bélicos seus ocupantes preferem guarnecê-lo com armamentos pesados.

Este Castelo tem sua origem no século VII; ele foi edificado em madeira por Guilherme, o conquistador, em 1066, quando nesta região ainda habitavam os saxões primitivo. A escolha desta área foi estratégica, pois ela estava situada perto do rio Thames, no alto de uma colina. Na época o Palácio e a Torre de Londres cercavam e ofereciam proteção a este município.

Ao longo da Idade Média o monarca Henry III teve a iniciativa de realizar várias e importantes modificações no Castelo, ordenando a edificação de três torres novas, as quais apresentavam uma inovação para a época, a presença de janelas com vidros. Edward III, que converteria a residência em espaço para habituais disputas, jogos públicos, competições, festas, festins, procissões e reuniões de grandes proporções, nasceu em Windsor no ano de 1312. Até hoje o palácio é sinônimo de realeza britânica.

Fontes:
http://www.viagensimagens.com/cast_windsor.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/Castelo_de_Windsor