Vocabulário Aplicado de Inglês Executivo: Construindo um futuro melhor


Governos precisam desencadear uma revolução ‘light’ na forma de como as coisas estão sendo produzidas para que o mundo possa acompanhar a demanda por recursos, dizem cientistas. Para isso, os mesmos apontam que casas terão que ser construídas com menos cimento, carros com menos aço e produtos domésticos com menos plástico. Sobre este assunto, a série Vocabulário Aplicado de Inglês Executivo destaca sete termos pertinentes ao cenário executivo internacional.


This discussion paper says the antidote to fears about resources is what’s known as material efficiency; that’s making the things we want, but with less material. The researchers say we could use half as much cement in buildings, for instance, if we designed and built them with more time and care. We don’t do it now because labour’s dear and materials are cheap. We could drastically reduce steel in cars, if governments deterred the trend towards bigger, more powerful vehicles.

The researchers say material efficiency is vital for tackling climate change, too. For the UK, for instance, to generate enough clean energy so materials are produced in current quantities, would need the equivalent of a four-fold increase in nuclear power or a 40-fold increase in wind power. That’s barely feasible, they say, so resource efficiency is the only way ahead.

The researchers say the trick will be to make sure that good design allows people to continue getting the things they want but simply made from less. For the transition to happen fully they urge governments to shift taxation away from people and on to resources. This would be controversial but the researchers predict it will create jobs for people to manufacture goods in a more intelligent way.

Vocabulário

  • Deterred – tornar algo mais difícil a fim de que alguém seja impedido de determinada realização;
  • Trend – direção em que algo está mudando ou desenvolvendo;
  • Trackling – tentativa em lidar com algo ou alguém;
  • Four-fold – multiplicar por quatro;
  • Baraly feasible – caracteriza algo com pouca probabilidade de acontecimento;

Assim, o texto acima pode ser interpretado da seguinte forma:

Este documento de discussão diz que o antídoto para os temores sobre os recursos é conhecido como a eficiência dos materiais – estar fazendo as coisas que queremos, porém com menos material. Pesquisadores dizem que poderíamos usar metade do cimento em edifícios, por exemplo, caso seja projetado e construído com mais tempo e cuidado. Não fazemos isso agora por conta do estimado trabalho e material barato. Poderíamos reduzir drasticamente o aço nos carros, caso os governos desencorajassem a tendência de veículos maiores, mais poderosos.

Pesquisadores dizem que a eficiência dos materiais é vital para lidar com as alterações climáticas, também. No Reino Unido, por exemplo, para gerar energia limpa suficiente para que os materiais sejam produzidos em quantidade de demanda atual, seria necessário o equivalente a um aumento de quatro vezes na energia nuclear ou um aumento de 40 vezes na energia eólica. Isso é improvável que aconteça, dizem eles, desse modo, a eficiência dos recursos é o único caminho à frente.

Os pesquisadores expõem que o truque estará em se certificar de que um bom design permita que as pessoas continuem tendo o que querem, porém, simplesmente fazendo com menos. Para que a transição aconteça totalmente, eles desejam que os governos mudem o modo que as pessoas e os recursos são tributados. Isso seria controverso, mas os pesquisadores preveem que esta prática criará empregos para as pessoas em manufatura de bens de uma maneira mais inteligente.

Do originalSavings needed to meet future demand for resources – por Roger Harrabin em Janeiro de 2013 no site de notícias da BBC de Londres.

Sites visitados:
http://www.bbc.co.uk/news/science-environment-21203336
http://www.bbc.co.uk/worldservice/learningenglish/language/wordsinthenews/130128_witn_resource_shortage.shtml

Arquivado em: Inglês