A Obra de Beatrix Potter

Helen Beatrix Potter nasceu no dia 28 de julho de 1866 em Kensington Square, na cidade de Londres, capital inglesa, e faleceu em 22 de dezembro de 1943. Ela provém de uma família abastada, vinculada aos negócios do algodão. A jovem foi educada na própria residência e teve como tutora sua governanta, a qual lhe ofereceu uma instrução no melhor estilo vitoriano.

Seu irmão, Bertram, o caçula da família, partiu para concluir os estudos longe de sua terra natal. Nesta época a futura autora, ilustradora, especialista em fungos e militante na defesa da conservação dos recursos naturais, era ainda uma garota introspectiva, discreta e cultivava a solidão.

Os únicos amigos eram os bichinhos de estimação. A menina de nove anos adorava espreitar silenciosamente os animais e reproduzir minuciosamente suas imagens em belas ilustrações. Durante as férias suas viagens resumiam-se às paisagens campestres. Foi então que desenvolveu o gosto pela esfera natural.

Beatrix foi uma mulher além de seu tempo e legou à humanidade uma produção literária que vai além de qualquer esfera temporal. O mundo desenvolvido pela autora um século atrás ainda reflete tendências contemporâneas; seus personagens poderiam perfeitamente ser frutos do mais moderno arsenal visual e textual dos tempos modernos.

A História do Pedro Coelho, que narra as aventuras de Peter Rabbit no sítio do mau humorado Seu Gregório, consagrou a escritora entre os leitores da literatura infantil. Ela alia uma linguagem saborosa a imagens encantadoras e incomparáveis; sua narrativa atinge uma universalidade ímpar, agradando crianças de todos os tempos e condições culturais.

Saltam das páginas de seus livros pequenos coelhos travessos; ratinhas de idade avançada e bem dispostas, repletas de ardis, as quais lembram muito as vovós ou bisavós que cada leitor já conheceu; felinos dissimulados que provocam desconfiança; Seu Gregório, um proprietário ranzinza, sempre afugentando os coelhinhos aos gritos, acusando-os de gatunos; Dona Gregória, a qual às vezes se descontrola, o insulta, e logo depois um repolho é atirado através da janela da cozinha; pássaros fiéis sempre atentos e prontos para guiar seus amigos coelhos à segurança do bosque; bonecos campestres que se esforçam para espantar aves predadoras, mas não conseguem aterrorizar ninguém.

Apesar desse encantamento gritante, Beatrix teve que lutar arduamente para lançar seus livros. Procurou setenta editoras, mas apenas uma deu retorno positivo. E em 1902, graças a Frederick Warne, sua publicação A História do Pedro Coelho veio a público. Três anos depois a autora adquiriu sua primeira fazenda em Lake Districk, no município de Near Sawrey, conhecida como Hill Top. A partir de então, esta propriedade e suas redondezas tornaram-se personagens de sua obra.

Fontes:
http://www.lotusdosaber.com/pageslivros/pedro_coelho.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/Beatrix_Potter

Arquivado em: Literatura