Capivara

Por Thais Pacievitch
A capivara (Hydrochoerus hydrochoeris) é um mamífero roedor que pertence à família Hydrochaeridae. Trata-se do maior animal entre os roedores.

Um animal adulto chega a ter 1,20 m de comprimento e pesa até 60 kg, em seu habitat natural. Em cativeiro chega a 80 kg. Sua pelagem é rala e grosseira, de cor castanha. Seus dedos, quatro nas patas dianteiras e três nas traseiras, são unidos por membranas que a tornam uma ágil nadadora. Seus dentes incisivos medem 1 cm de largura e podem chegar a 7 cm de comprimento, pois apesar de serem frequentemente desgastados (devido ao hábito das capivaras de roerem troncos e pedras), eles não param de crescer.

Capivaras. Foto: Jsanabriag (Own work) [GFDL (http://www.gnu.org/copyleft/fdl.html) or CC-BY-SA-3.0-2.5-2.0-1.0 (http://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0)], via Wikimedia Commons

Capivaras. Foto: Jsanabriag [GFDL or CC-BY-SA-3.0-2.5-2.0-1.0], via Wikimedia Commons

Típica da América do Sul, a capivara é encontrada desde o norte da Argentina até o Panamá. Vive nos arredores dos rios ou lagos, em pastagens e em florestas úmidas ou secas. No Brasil é encontrada na região do Pantanal.

Excelente nadadora, a água é seu refugio para fugir de predadores. Por esse motivo, geralmente se afasta no máximo a 3 km da água. A capivara é capaz de permanecer submersa por mais de 5 minutos.

As capivaras vivem em bandos de até 30 indivíduos. Cada bando é composto por um macho dominante, pelas fêmeas e seus filhotes e por outros machos subordinados ao líder. Em terra, o bando sempre anda em fila, se preferência sempre pelas mesmas trilhas, mesmo porque, os territórios são demarcados pelos machos graças a uma glândula sebácea grande entre o focinho e a testa. Ao esfregar a glândula em árvores, nas fêmeas e nos filhotes, a glândula libera um forte odor que demarca seu território. Seus hábitos são noturnos, embora desenvolvam atividades durante o dia. Alimenta-se de grama, capim, vegetação aquática e de algas.

A reprodução das capivaras ocorre o ano todo, embora seja maior o número de gestações nos primeiros meses da estação das chuvas. Geralmente o macho dominante é o responsável por copular com todas as fêmeas de seu bando. A fêmea chega a ter duas crias por ano, sendo que em cada cria o número de filhotes varia entre 1 e 8. O período de gestação varia de 119 a 125 dias.

Os filhotes nascem com aproximadamente 2 kg, de olhos abertos, com a pelagem formada e com todos os dentes. Com três dias já comem grama, embora a amamentação dure 90 dias. A fêmea é ótima mãe, cuidando dos filhotes com esmero até o desmame. Após esses 90 dias o filhote se torna independente, podendo inclusive formar um novo grupo. A capivara pode viver aproximadamente 12 anos.

A carne da capivara é muito apreciada, o que por vezes fez esse animal ser caçado pelo homem. Atualmente existem criações de capivara em cativeiro para suprir esse mercado.