Biossegurança

Por Débora Carvalho Meldau
Foto: haveseen / Shutterstock.com

Foto: haveseen / Shutterstock.com

A biossegurança é um conjunto procedimentos e estudos de relevante importância nos serviços de saúde, que visam não apenas abordar medidas de controle de infecções para proteger os funcionários que prestam assistência e os usuários em saúde, mas também por desempenharem papel fundamental na comunidade onde atua da promoção da consciência sanitária, da importância da preservação ambiental com relação à manipulação e descarte de resíduos químicos, tóxicos e potencialmente infectantes, e também, da diminuição, de um modo geral, de riscos à saúde e acidentes ocupacionais. Este é um processo que há conclusão em sua terminologia, ou seja, é um processo progressivo, que sempre deve ser atualizado e supervisionado.

Legalmente falando, a biossegurança voltada para os processos relacionados a organismos geneticamente modificados e pesquisas que utilizam células-tronco embrionárias, de acordo com a Lei de Biossegurança – N. 11.105 de 24 de março de 2005. Esta lei tem como enfoque os riscos envolvidos nas técnicas de manipulação de organismos geneticamente modificados. O órgão que regula essa lei é a Comissão Técnica Nacional de Biossegurança, da qual faz parte profissionais de diferentes ministérios e indústrias tecnológicas. Um exemplo rotineiramente presente na discussão legal de biossegurança são os alimentos trangênicos.

Contudo, a biossegurança também está presente em locais onde a tecnologia moderna se encontra, como hospitais, indústrias, laboratórios de saúde pública, laboratórios de análises clínicas, universidades, hemocentros, entre outros. Nesses locais, objetiva prevenir os riscos gerados pelos agentes químicos, físicos e ergonômicos, relacionados com processos onde o risco encontra-s presente ou não. Esta parte da biossegurança acaba por confundir-se com a engenharia de segurança, a medicina do trabalho, a higiene industrial, a saúde do trabalhador, a engenharia química e a infecção hospitalar.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Biossegurança
http://www.bvsde.ops-oms.org/bvsacd/cd49/manualbiossegurancaa.pdf

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.