Infectologia

Por Aline Matos Góss
Infectologia é o ramo da medicina que estuda as doenças infecciosas e parasitárias que podem ser causados por bactérias, fungos, vírus e demais microorganismos.

O médico especialista no tratamento e acompanhamento de pacientes com doenças infecciosas é chamado infectologista. Devido à carência desses médicos em algumas regiões ou pelo desconhecimento da população grande parte destas pessoas são atendidos por médicos de outras especialidades.

O papel do infectologista está dividido em quatro grandes áreas:

  • Controlar e assistir a infecções hospitalares.
  • Tratamento e análise de doenças infecciosas.
  • Imunização [vacinação]
  • Aconselhamento no uso de antibióticos.

A grande parte dos pacientes que estão febris tem uma doença infecciosa subjacente. Porém a febre também pode ocorrer devido a outras doenças, como raumatológicas ou neoplásicas (câncer). E nesses poucos casos o infectologista encaminha o paciente para o especialista na área.

As hepatites virais também são doenças infecciosas causadas pelos vírus A B e C. E é um dos principais campos que o infectologista atua, e sua função é a tentativa de eliminação do vírus da hepatite ou a estimulação do sistema imunológico para combater o vírus. Por ser na maioria das vezes uma doença assintomática fica difícil diagnosticá-la podendo evoluir para cirrose ou câncer hepático.

As pessoas infectadas pelo vírus HIV (vírus da imunodeficiência adquirida) também é tratado pelo infectologista. O médico passa informações necessárias para prevenção, diagnóstico e tratamento da AIDS. Pacientes com vírus HIV podem levar uma vida normal, seguindo de tratamentos adequados. A AIDS já é considerada uma doença crônica como diabetes ou hipertensão. Ainda não havendo cura, porem um excelente controle.

Infecções respiratórias, cutâneas e de trato urinário podem ser causados por vários microorganismos como vírus, bactérias ou fungos. O tratamento com antibióticos deve ser adequado, caso contrario pode haver resistência do microrganismo, efeitos colaterais importantes e à dispersão pelo organismo causando conseqüências graves.

A infecção é um processo inflamatório aonde existe um agente infeccioso, que pode ser vírus, bactérias, fungos ou outros microorganismos.

  • Infecção local: é a inflamação que não espalha pelo organismo.
  • Infecção generalizada: É quando essa infecção atinge a corrente sanguínea e se espalha pelos órgãos.
  • Infecção primária: O organismo está iniciando uma reação contra o hospedeiro indesejável.
  • Infecção secundária: Quando o organismo está iniciando uma reação contra o hospedeiro, porém com sintomas e sinais mais evidentes.
  • Infecção mista: São dois ou mais microorganismos distintos no organismo causando diversos sintomas e sinais.
  • Infecção inaparente (latente): Infecção que cursa na ausência de sintomas e sinais clínicos evidentes.

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.