Socialismo Científico

Por Emerson Santiago
O socialismo científico, também conhecido por socialismo marxista ou simplesmente marxismo é o nome usado por Friedrich Engels para descrever a teoria sócio-político-econômica elaborada por Karl Marx (1818-1883) no século XIX. Em meio aos movimentos de esquerda da nascente ideologia socialista, a corrente utópica e a marxista disputavam a preferência dos militantes à época.

Para muitos leigos, Marx e Engels deram origem ao movimento socialista, o que é incorreto. Os primeiros a elaborarem tal forma de organização coletiva foram o Conde de Saint-Simon (1760 - 1825), Charles Fourier (1772 - 1837), Louis Blanc (1811 - 1882) e Robert Owen (1771 - 1858) cujas ideias mais tarde foram batizadas de socialismo utópico, pois seus teóricos se preocupavam em descrever os princípios de uma sociedade ideal sem indicar os meios para alcançá-la.Em oposição aos utópicos, o socialismo científico procura, de um modo racional e metódico analisar as condições de instalação de uma sociedade sem classes. A origem desta teoria é traçada a partir da publicação, no ano de 1848, do livro "Manifesto Comunista". Marx e Engels enaltecem os utópicos pelo seu pioneirismo, mas defendem uma ação mais prática e direta contra o capitalismo através da organização da revolucionária classe proletária. Para a formulação de suas teorias, Marx sofreu influência de Hegel e dos socialista utópicos.Segundo Marx a infraestrutura, modo como tratava a base econômica da sociedade, determina a superestrutura que é dividida em ideológica (idéias políticas, religiosas, morais, filosóficas) e política (Estado,polícia, exército, leis, tribunais). Portanto a visão que temos do mundo e a   nossa psicologia são reflexo da base econômica de nossa sociedade. As ideias que surgiram ao longo da história se explicam pelas sociedades nas quais seus mentores estava inseridos. Elas são oriundas das necessidades das classes sociais daquele tempo. Marx e Engels eram socialistas e também estavam interessados em superar os obstáculos que a sociedade capitalista colocava ao livre desenvolvimento das potencialidades humanas.

Os dois autores, entretanto, não buscavam inventar um novo modelo de sociedade, mas, sim, encontrar, dentro da sociedade capitalista, as forças sociais capazes de promover essas mudanças. Para tanto, empenharam-se no estudo da sociedade capitalista e das leis que a regiam. Essas leis mostrariam as forças que impulsionavam esse tipo de sociedade e as que a conduziriam a uma transformação revolucionária. O marxismo teve profunda influência no mundo. A partir dele, criou-se a Associação Internacional dos Trabalhadores a (I Internacional) e formaram-se no mundo inteiro, partidos políticos e organizações operárias. Baseada em princípios marxistas, a Rússia transformou-se, em 1917, no primeiro estado socialista.

Bibliografia:
RUIZ, Manoel. Socialismo cientifico. Disponível em: <http://www.sociedadedigital.com.br/artigo.php?artigo=19&item=4>.
Acesso em: 11 mai. 2012.

Socialismo cientifico - Karl Marx e Friedrich Engels. Disponível em:
<http://histoblogsu.blogspot.com.br/2009/07/socialismo-cientifico-karl-marx-e.html>. Acesso em: 11 mai. 2012.