Substantivo comum e próprio

Por Ana Paula de Araújo
Substantivo: dada a função que essa classe exerce, nota-se que ela provém da mesma família de “substância, substancial”, ou seja, algo necessário, fundamental. Sendo assim, os substantivos recebem classificações distintas, tendo em vista aspectos relacionados à formação e ao significado de abrangência.

Os substantivos podem ser classificados quanto à importância, individualização, especificação do que nomeiam. Assim, são classificados em "comuns" ou "próprios". Um substantivo que se nomeia um ser específico, dando-lhe nome próprio e diferenciando-lhe dos demais seres de sua espécie, é um substantivo próprio, este tipo de substantivo sempre é iniciado com letra maiúscula. Substantivos que não sejam próprios são classificados como comuns.

Substantivo Comum

Palavra que designa ou nomeia um grupo geral de objetos, animais, plantas ou quaisquer outros seres vivos ou não, os quais possuem as mesmas características. Ou seja, é aquele que designa os seres de uma espécie de forma genérica. Geralmente são grafados com letra minúscula.

Ex:

  • mulher,
  • cachorro,
  • cidade,
  • loja,
  • livro.

Note que não é qualquer coisa que pode ser denominada como mulher, cachorro, cidade ou livro. Para fazer parte deste grupo é necessário obedecer a algumas características em comum para todos os seres que também fazem parte deste grupo.

Substantivo Próprio

Palavra que denomina um ser único, específico, diferenciando-o do restante do grupo. Geralmente é grafado com letra maiúscula. Por exemplo, São Paulo é o nome próprio de uma cidade, ou seja, especifica um ser dentro de um grupo que se denomina pelo substantivo comum cidade. Indicam um nome, seja ele de um lugar, ser vivo ou obra. O estudo destes é chamado de Onomástica.

Ex:

  • Ana,
  • Rex,
  • Lisboa,
  • São Paulo,
  • Salvador,
  • Mateus,
  • Luis,
  • Talita,
  • Natanael.