Substantivo comum e próprio

Os substantivos podem ser classificados em comuns e próprios.

Substantivos comuns

Nomeiam seres e grupos de seres da mesma espécie. Eles preservam as características inerentes de sua classe, mas não são tratados como indivíduos.

Exs.: mulher, menino, caneta, planeta, cidade, espelho, casa, caderno, cachorro, árvore.

Substantivos próprios

Nomeiam os seres específicos de determinada espécie, sempre individualmente. Os substantivos próprios mais comuns são os nomes de pessoas, chamado de antropônimos; e os nomes de lugares e acidentes geográficos, conhecido como topônimos.

Exs.: Maria, Júpiter, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, Europa, Argentina, Ronaldo, Roma, Machado de Assis.

Obs.: Alguns substantivos próprios podem ser transformados em substantivos comuns para indicar a qualidade inerente de uma pessoa ou um personagem.

Exs.:

  • Ele é um dom-joão (Dom João – homem galanteador)
  • Você é um judas! (Judas – traidor)

Além desses casos, um substantivo próprio também pode virar um substantivo comum para indicar o fabricante ou o país de origem de determinado produto.

Ex.:

  • Este é um autêntico havana. (havana – charuto de Cuba)

Bibliografia:
BECHARA, Evanildo. Moderna gramática portuguesa. 38 ed. rev. ampl. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2015.
CEGALLA, Domingos Paschoal. Novíssima gramática da língua portuguesa. 41 ed. São Paulo: Editora Nacional, 1998.
SOUZA, Jésus Barbosa de; CAMPEDELLI, Samira Youssef. Minigramática. 2 ed. São Paulo: Editora Saraiva, 2000.

Arquivado em: Português