Exercícios - Utilização da Vírgula

Lista de questões de vestibular sobreo o uso das vírgulas.
Ler artigo Utilização da Vírgula.


Exercício 1: (FUVEST 2010)

Em qual destas frases a vírgula foi empregada para marcar a omissão do verbo?


Exercício 2: (UDESC 2009)

O uso das vírgulas em cada proposição é justificado pela explicação entre parênteses. Assinale a alternativa cuja explicação não esteja coerente com o uso da vírgula.


Exercício 3: (FCC 2007)

É preciso suprimir uma ou mais vírgulas na seguinte frase:


Exercício 4: (IFPR 2010)

Assinale a alternativa cujo texto está corretamente pontuado.


Exercício 5: (ACAFE 2009)

Em relação à pontuação, assinale a alternativa correta.


Exercício 6: (UFPR 2009)

A VÍRGULA

A vírgula pode ser uma pausa. Ou não.
Não, espere.
Não espere.

A vírgula pode criar heróis.
Isso só, ele resolve.
Isso, só ele resolve.

Ela pode forçar o que você não quer.
Aceito, obrigado.
Aceito obrigado.

Pode acusar a pessoa errada.
Esse, juiz, é corrupto.
Esse juiz é corrupto.

A vírgula pode mudar uma opinião.
Não quero ler.
Não, quero ler.

UMA VÍRGULA MUDA TUDO.
ABI: ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE IMPRENSA.
100 ANOS LUTANDO PARA QUE NINGUÉM MUDE NEM UMA VÍRGULA DA SUA INFORMAÇÃO.
(Anúncio publicado na revista Veja, 9 abr. 2008.)

Sobre esse anúncio, considere as seguintes afirmativas:

  1. Na frase “Não, espere”, a vírgula é usada para indicar que a leitura deve ser feita pausadamente, com ênfase em cada palavra.
  2. No segundo conjunto de frases, a idéia de heroísmo é veiculada pela primeira frase.
  3. A frase “Aceito, obrigado” tem como interpretação preferencial “Sou obrigado a aceitar”.
  4. No quarto conjunto de frases, a primeira pode corresponder a uma acusação equivocada se não expressar a intenção do autor de acusar o juiz ou outra pessoa.
  5. Nas frases “Não, espere” e “Não, quero ler” a negação não incide sobre o conteúdo dos verbos “esperar” e “querer”, mas sobre outros conteúdos, que permanecem implícitos.

Assinale a alternativa correta.