Utilização da vírgula

Mestra em Letras e Linguística (UFG, 2016)
Licenciada em Letras-Português (UFG, 2009)

A vírgula é um sinal de pontuação utilizado no interior das orações e desempenha diversas funções, a depender do contexto em que é utilizada.

Muitos usuários da língua pensam que seu uso é facultativo, ou até mesmo que ela serve apenas para pausar a leitura. Entretanto, a Vírgula é uma poderosa ferramenta de coesão, organizando as unidades sintáticas e contribuindo com a produção de sentidos dos enunciados verbais.

A ausência ou utilização inadequada da vírgula pode alterar semanticamente os enunciados, gerando efeitos de sentidos diferentes daqueles intencionados pelo usuário da língua. Veja como isto pode acontecer:

Daquela, professora, eu não gosto. (Vocativo – alguém fala COM a professora)
Daquela professora eu não gosto. (Alguém fala DA professora)

Não, vai ser assim.
Não vai ser assim.

Corta-se barba, pinto cabelo.
Corta-se barba, pinto, cabelo.

Vou jantar, gente.
Vou jantar gente.

A Vírgula NÃO deve ser utilizada nos seguintes casos

Separando o Sujeito do Predicado

Exemplo: As grandes empresas, lucram com as festas de final de ano.

Separando o Verbo de seu Complemento:

Exemplo: Paulinho quer, um sorvete.

Separando o núcleo do Substantivo de um Adjunto Adnominal ou um Complemento Nominal:

Exemplo: A leitura, do aluno foi boa.

Separando orações coordenadas sindéticas ligadas pela conjunção “E”, exceto quando esta aparece repetida e quando forem diferentes os sujeitos das orações.

Exemplos:

Eles chegaram, e tomaram banho. (Não se usa)

Eles chegaram, e tomaram banho, e escovaram os dentes, e dormiram. (Permitido)

As meninas subiram, e os meninos desceram a rua. (Permitido)

Os usos da Vírgula no interior das orações

1. Separar palavras de mesma classe, sequenciando-as:

Exemplo: Gosto de pedir pão, hambúrguer, salada, catchup e maionese no meu sanduíche.

2. Quando as Conjunções Coordenativas E, NEM, OU se repetem e exercem a mesma função sintática:

Exemplo: Nem ele, nem eu ficamos com a cadelinha.

3. Indicar a elipse de uma palavra:

Exemplo: A professora deu nota dez a todos os alunos; menos a Pedro, que não entregou o trabalho.

4. Isolar o Vocativo:

Exemplo: Mãe, que horas o almoço fica pronto?

5. Isolar o Aposto:

Exemplo: Uruçuca, município situado no sul da Bahia, tem praias maravilhosas.

6. Indicar que um adjunto adverbial foi utilizado fora de sua habitual posição, que é no final das orações:

Exemplo: No século XVIII, a escravidão era permitida. Hoje, não.

7. Indicar que Complementos Nominais ou Verbais deslocaram-se para o início das orações:

Exemplo: De A a Z, ele sabe sobre todos os conteúdos.

8. Indicar Conjunções intercaladas:

Exemplo: Ainda não há vacina para o vírus, portanto, devemos continuar nos cuidando.

9. Isolar nomes de lugares na construção de cabeçalhos:

Exemplo: Ilhéus, 26 de novembro de 2020.

10. Marcar intercalação de expressões como: em suma, ou seja, isto é, aliás, a propósito, vale dizer etc.

Exemplo: O presidente afirmou que o retorno às aulas está vetado, ou seja, continuaremos com as aulas remotas.

A Vírgula entre a orações

A Vírgula deve ser usada entre as orações nos seguintes casos:

1. Separar a oração subordinada adverbial que aparece antes da oração principal.

Exemplo: Assim que recebi o pagamento, corri para o supermercado.

Observação: Na ordem inversa, ou seja, se a oração subordinada adverbial aparecer após a oração principal, a Vírgula será facultativa: Corri para o supermercado assim que recebi o pagamento.

2. Separar a oração subordinada adjetiva explicativa da oração principal.

Exemplo: As frutas frescas, separadas nas caixas menores, foram na caminhonete.

3. Separar orações coordenadas assindéticas.

Exemplo: Desci correndo, saí pela escada, escapei pela rua, consegui fugir.

4. Separar orações coordenadas sindéticas.

Exemplo: Muitas mulheres ingressam, mas não conseguem concluir os estudos.

5. Delimitar orações intercaladas.

Exemplo: Perguntei, se me permite, com todo o respeito.

Referências:

ABURRE, Maria Luiza M. Gramática: texto: análise e construção de sentido. Volume único. 2. ed. São Paulo: Moderna, 2010. p. 545 a 547.

Exercícios e questões de vestibulares

Exercício : (FUVEST 2010)

Em qual destas frases a vírgula foi empregada para marcar a omissão do verbo?

Veja a resposta desta e mais outras questões!
Exercícios sobre o Uso da Vírgula - Questões
Arquivado em: Português