Uso de dois pontos

Mestre em Linguística (USP, 2019)
Graduada em Letras (USP, 2016)

O sinal dos dois pontos é utilizado para citar algo ou a fala de alguém. Ele também marca uma sensível suspensão, como uma pausa da voz numa frase. Além destes usos, que são mais comuns, o sinal pode ser utilizado de diversas formas. Confira abaixo:

1. Ocasiões em que o uso de dois pontos é possível na língua

1.1. Fala de personagem - seja em um livro, jornal, revista ou post na internet, o sinal dos dois pontos com certeza será muito visto por você. Por exemplo, no livro O Pequeno Príncipe (1943), de Antoine de Saint-Exupéry:

“Mostrei minha obra-prima às pessoas grandes e perguntei se o meu desenho lhes fazia medo. Responderam-me: "Por que é que um chapéu faria medo?"”.

De uma forma sucinta, o sinal de dois pontos aparece nesse trecho indicando uma resposta à uma pergunta feita pelo personagem.

1.2. Enumeração - outra forma onde muito se encontra esse sinal é na enumeração, como é possível ver no exemplo abaixo.

Ex.: A festa aconteceu para 3 pessoas: minha mãe, meu pai e meu irmão.

Neste exemplo, pode-se identificar o sinal quantificando e qualificando quem foram as pessoas que participaram da festa citada.

1.3. Citação - refere-se ao ato de citar ou explicar algo ou alguém, como no poema Soneto de Fidelidade, de Vinicius de Moraes:

“Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.”

Moraes explica sobre o amor que teve, e demonstra característica do mesmo. Para isso, ele utiliza o sinal como uma pequena pausa.

1.4. Orações apositivas - são frases que exercem a função de aposto de algum termo, alguma condição a ser realizada.

Ex.: Você só irá dormir com uma condição: após trancar as portas.

Nessas orações, a condição está sempre presente. O sinal é utilizado para dar início à explicação da condição proposta.

1.5. Esclarecimento

Ex: Priscila sempre foi assim: impaciente como a mãe.

Neste exemplo o sinal é utilizado para demonstrar, esclarecer uma característica da personagem, nesse caso, a Priscila.

1.6. Invocação

Ex.: Prezados senhores: a reunião desta segunda-feira, dia 14, será na sala de reunião principal. Esperamos vocês lá. Atenciosamente, a Direção.

O exemplo dado acima mostra uma carta ou e-mail corporativo. Nele é possível identificar o sinal fazendo o papel de suspensão, para avisar uma informação logo em seguida.

Diferença entre dois pontos e vírgula

É bastante comum que haja uma confusão na utilização dos dois pontos e do ponto e vírgula. Entretanto, há diferenças. Ambos indicam pausas no discurso, mas enquanto os dois pontos apontam pausas breves, o ponto e vírgula indica uma pausa de maior duração.

Dois pontos ou dois-pontos

Uma curiosidade é a ortografia dessas palavras. De acordo com o último acordo ortográfico de 2016, a utilização do hífen passou a ser facultativa, ou seja, ambas as grafias estão corretas, liberadas assim para serem utilizadas.

Letras maiúsculas após os dois pontos: quando usar?

Há uma certa predominância no uso da letra minúscula após a utilização do sinal, porém há também situações em que a letra maiúscula deve ser priorizada:

Em mudanças de parágrafo

Ex: O meu pai saiu do quarto gritando:
— Que saudade, filha!

Em enumerações com substantivos próprios

Ex: Já viajamos para três cidades: Salvador, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Em enumerações com alíneas formadas por frases extensas

Ex: A casa é dividida em quatro partes:

  1. A sala, que consiste no local principal da casa, trazendo conforto e segurança para a família que escolher morar aqui.
  2. A cozinha, que é onde a família se reunirá mais, cozinhando e se divertindo com seus parentes.
  3. O banheiro, simples, útil e arejado, como um banheiro deve ser.
  4. E, finalmente, o quarto, bem ventilado, bonito e especial, com móveis de qualidade.

Arquivado em: Português