Ácido Cianídrico

Por Mayara Cardoso
Também conhecido como ácido prússico ou, ainda, cianureto de hidrogênio, o ácido cianídrico é um ácido fraco representado pela fórmula química HCN, encontrado naturalmente tanto no estado líquido quanto no estado gasoso (altamente volátil), de odor semelhante ao de amêndoas amargas, solúvel em água, álcoois e éteres, com baixos pontos de fusão e ebulição, baixo peso molecular e de altíssimo grau de toxidez e inflamabilidade.

O ácido cianídrico foi descoberto pelo químico Scheele em 1782 na Prússia, que o sintetizou a partir do azul da Prússia, daí o nome ácido prússico, muito utilizado antigamente. Cerca de 30 anos mais tarde, o químico francês Louis Joseph Gay-Lussac obteve esse ácido na sua forma pura, permitindo determinar sua fórmula com exatidão, desde então, o ácido recebeu o nome de ácido cianídrico. É sintetizado principalmente pela reação de metano com amônia e oxigênio, a altas temperaturas, tendo a platina como agente catalisador da reação, produzindo água, além do próprio ácido.

Usa-se muito o ácido cianídrico na fabricação do plástico, corantes diversos, acrílicos, pesticidas (propriedade descoberta durante a Primeira Guerra Mundial), fertilizantes agrícolas e na extração de minérios como ouro e prata. Pode ser encontrado em algumas espécies de mandioca e em sementes de frutas como maçã, cereja, alperce, pêssego e amêndoas.

No grupo dos venenos mais letais já descobertos, o ácido cianídrico é um importante membro. Quando disperso em locais pouco ventilados, se adere a tudo o que for úmido, mantendo seu efeito danoso por vários dias. É tão nocivo, que durante a Primeira Guerra Mundial foi utilizado como arma química por ambos os lados conflitantes. Em corrente sanguínea, esse ácido estabelece ligações extremamente estáveis com o ferro da hemoglobina, impedindo o transporte de oxigênio e gás carbônico, além de desativar oxidases (enzimas de oxidação), tornando ineficaz a cadeia de transporte de elétrons.

Um dos casos mais conhecidos de acidentes fatais envolvendo ácido cianídrico é a morte de três crianças em 1995 na França. Elas encontraram numa caverna um dispositivo à base do ácido e atearam fogo, o ácido cianídrico é altamente inflamável e a explosão levou as crianças à morte. O pai de uma das crianças e os bombeiros que as procuraram na caverna também morreram dias após, pois o gás proveniente da explosão ainda estava disperso no ambiente e foi absorvido pela pele dessas pessoas. Em alguns países como Estados Unidos, o ácido cianídrico é utilizado nas câmaras de gás, para execução de criminosos condenados à pena de morte.

Referências
http://pt.wikipedia.org/wiki/Ácido_cianídrico
http://www.dicio.com.br/cianidrico/
http://www.infopedia.pt/$acido-cianidrico
http://repositorio-aberto.up.pt/bitstream/10216/17558/3/218_1_FMP_TD_I_01_P.pdf