Bases de Arrhenius

Por Júlio César Lima Lira
De acordo com a teoria de Arrhenius, base é toda a substância que aumenta a concentração de íons hidroxila (OH-) pela sua dissociação em meio aquoso. Assim, aumenta o pH do meio e diminui, por consequência, o pOH. De um modo geral, possuem sabor adstringente, além de reagirem com ácidos de Arrhenius formando algum sal e água.

Classificação

As bases de Arrhenius seguem determinadas classificações que, em tese, dependem do número de hidroxilas ligadas ao átomo central.

Quanto ao número de OH- da molécula:

  • Monobases: KOH, NaOH, LiOH;
  • Dibases: Mg(OH)2, Ca(OH)2, Ba(OH)2;
  • Tribases: Al(OH)3, Fe(OH)3;
  • Tetrabases: Sn(OH)4, Pb(OH)4;

Quanto à força (capacidade de dissociação):

  • Fortes: Todos os hidróxidos de metais das famílias 1A e 2A. A exceção dos hidróxidos de berílio e de magnésio;
  • Fracas: Os demais hidróxidos metálicos e de amônio (NH4OH);

Quanto à solubilidade (meio aquoso);

  • Solúveis: Todos os hidróxidos da família 1A e o hidróxido de amônio;
  • Pouco solúveis: Hidróxidos da família 2A, em geral;
  • Insolúveis: As demais bases. Sendo que, uma ínfima parcela sempre se dissolve, mas é desconsiderada em relação ao total.

Reações de Neutralização

A partir da definição de Arrhenius para um ácido e para uma base, a reação entre esses dois compostos, em solução aquosa, liberará algum sal (com pelo menos um cátion diferente de H+ e um ânion diferente de OH-) e moléculas de água líquida.

Uma reação de neutralização pode ser esquematizada da seguinte maneira:

HA(aq) + BOH(aq) -> AB(aq) + HOH(l)

Vale lembrar que esta reação genérica é de uma neutralização total. Ou seja, o sal gerado é neutro (não possui OH- ou H+ em sua molécula-íon). Para o caso de um sal ácido ou básico gerado, seguem as seguintes reações como exemplo (para efeito de análise, deve-se considerar que as espécies químicas das reações são 100% dissociáveis):

a) Sal ácido (Hidrogenossal):

H2SO4 + NaOH -> NaHSO4 + H2O
H2CO3 + NaOH -> NaHCO3 + H2O

b) Sal básico (Hidroxissal):

HCl + Mg(OH)2 -> Mg(OH)Cl + H2O
Fe(OH)3 + H2SO4 -> Fe(OH)SO4 + H2O

Constante de Dissociação de uma Base

A constante de dissociação de uma base (Kb) é maior tanto quanto é a força desta. Assim, em bases fracas, Kb é um número pequeno.

O valor de Kb pode ser calculado da seguinte maneira (para uma base BOH genérica):

Onde, [B+] = concentração do cátion liberado pela base, [OH-] = concentração íons OH- liberados, [BOH] = concentração da base não dissociada.

Portanto, para bases fortes (cuja concentração base não dissociada é quase zero) os valores dessa constante tendem a números muito grandes e são, portanto, considerados indetermináveis.