Bronze

Por Luiz Ricardo dos Santos
O bronze é uma liga metálica homogênea composta pela mistura de cobre e estanho, podendo conter porções de outros elementos, com objetivos específicos pra cada uso. Apresenta-se na forma de um metal quase dourado, é maleável e dúctil, possuir características bastante peculiares, seu nome tem origem persa “biring” e significa cobre. Quando exposto ao ar atmosférico por períodos prolongados é recoberto por uma camada castanha escura de óxidos dos metais envolvidos em sua composição.

Moedas de Bronze

É uma das ligas metálicas mais antigas da humanidade, segundo a história, a fabricação do bronze iniciou-se a mais de 3000 anos, e ficou conhecida como Idade do Bronze. Quando os ferreiros perceberam que a utilização do cobre tornou-se inviável em virtude da procura, estes por sua vez misturaram acidentalmente o estanho com o cobre na tentativa de aumentar o volume de material, e a mistura deu certo. Essa liga entre o cobre e o estanho produziu um metal que apresentava flexibilidade, e era mais macio podendo seus restos serem fundidos novamente e reaproveitados na produção de peças, que ao contrario do ferro e do cobre que uma vez fundidos apresentavam-se duros e mais difíceis de manusear.

As civilizações antigas utilizaram amplamente o bronze entre elas se pode destacar o Egito, Grécia e Babilônia, evidentemente muitos povos antigos utilizaram esse material, porém o seu surgimento está ligado a essas civilizações mais antigas.

O bronze porem mostrou ser mais vantajoso tendo em vista que além de ser um metal relativamente mole para ser trabalhado conferia beleza e resistência à peça fabricada, a partir deste momento então, inicia-se a produção de diversos tipos de objetos, como esculturas, armas, utensílios de cozinha, adornos e até jóias.

O bronze é uma liga metálica que possui inúmeros usos e os mais comuns são:

  • Industriais como a fabricação de parafusos, ferramentas, equipamentos para usinas, aparelhos elétricos, conexões hidráulicas, revestimento de motores, em engrenagens em função de sua resistência ao atrito e manter o engraxe, antigamente foi usado na fabricação de moedas.
  • Nas artes plásticas, como se tem visto no decorrer da história muitos artistas plásticos tem utilizado o bronze em suas criações, principalmente o povo do Egito antigo e os gregos, o bronze também utilizado na fabricação de sinos em virtude de sua ressonância, ou seja, emiti um som característico e agudo quando recebe toque ou pancada advindo de uma ferramenta;
  • Na fabricação de instrumentos musicais, objetos de decoração em lápides para túmulos e em estátuas.

Como dito anteriormente alguns tipos de bronze são formados pela mistura de outros metais, porém sempre o cobre será o metal base em sua composição. Os metais presentes na composição do bronze são:

Ligas do Bronze Características e aplicações
Cu + Sn + Zn Contem cerca de 2% de zinco e seu uso é na fabricação de parafusos, porcas e válvulas, após ser submetido a tratamento térmico adquirem resistência elevada. São soldáveis com eletrodos de bronze fosfatizado.
Cu + Sn + Pb Essas ligas variam na composição de chumbo possuindo 7%, 8%, 12% e 15% recebe também o nome de bronze vermelho, possui características bastante peculiares como resistência mecânica, térmica e química sendo amplamente utilizada na fabricação de peças industriais artesanais entre outros usos que exijam as propriedades concernentes a liga.
Cu + Sn + Al Contêm em média 6 %, 12% e 20% de alumínio sendo utilizadas na fabricação de equipamentos e válvulas que exigem alta dureza, resistência mecânica e química sendo utilizados para fabricação de peças resistentes ao atrito como canhões de irrigação agrícola, hélices, bombas d’água e equipamentos para aplicação de agrotóxicos.
Cu + Sn +  Mn Contém em média 15% de manganês apresenta alta resistência química sendo utilizado na fabricação de tubulações para esgoto, indústrias químicas e equipamentos utilizados no tratamento de água.
Cu + Sn + P Contem cerca de 16% de fósforo em equipamentos que exijam lubrificação por tempo prolongados, apresenta propriedades superiores as do bronze com chumbo, é utilizado na fabricação de eletrodos para soldagem e reparo de peças de bronze.

A fabricação do bronze na maioria das vezes segue o processo artesanal tradicional, poucas são as fábricas que utilizam tecnologia em sua produção. Sua composição é basicamente cobre mais estanho.

Bibliografia:
http://www.cis.udel.edu/~portnoi/academic/academic-files/estanho-prata-bronze.html#_Toc511074881
http://www.wisegeek.com/what-is-bronze.htm

SHRIVER, DUWARD; ATKINS, PETER. Química inorgânica - 4ª edição. Porto Alegre, Bookman, 2008.

LEE, J.D.. Química inorgânica não tão concisa – tradução da 4ª edição inglesa.    São Paulo,  Edgard Blücher, 1996.