Destilação fracionada

Por Lucas Martins
A destilação fracionada serve para separar uma mistura homogênea composta por dois líquidos, com ponto de ebulição diferentes.

O aparato de destilação fracionada é constituído por um balão de vidro com fundo plano, que é aquecido por uma chama. Nesse balão está a mistura homogênea. Na boca do balão está presa uma coluna de fracionamento, com bolinhas de vidro no seu fundo (geralmente). No topo da coluna de fracionamento está um termômetro, e na lateral, há uma saída para um condensador. O condensador é feito por um tubo interior, que será envolvido externamente por água fria. Ao final do condensador está um béquer.

Processo de destilação fracionada

No balão de vidro é colocada a mistura. Ao ser aquecida, a substância de menor ponto de ebulição irá evaporar primeiro, e logo em seguida, a outra substância vai evaporar também. Porém, ao encostar nas bolinhas da coluna de fracionamento, a segunda substância vai condensar, voltando para o balão, e a outra substância continuará subindo, até encontrar o condensador.

O termômetro serve para manter uma temperatura constante, um pouco acima do maior ponto de ebulição. Ao final do processo, o béquer conterá o líquido mais volátil, e o balão de vidro terá o líquido menos volátil.


Imagem retirada de http://www.fc.unesp.br/lvq/animations.htm