Engenharia Química

Por Susana Lorena
A Engenharia Química é a divisão da engenharia que se encarrega dos processos químicos e bioquímicos. A associação responsável por integrar e informar os engenheiros químicos de todo o país é a ABEQ (Associação Brasileira de Engenharia Química). Todo Engenheiro Químico, assim como técnicos em Química devem ser associados à SBQ (Sociedade Brasileira de Química).

Ao estudar Engenharia Química, depara-se com uma mistura de Física, Química e muita Matemática. No início do curso temos o ciclo básico que começa a preparar os alunos introduzindo uma série de conceitos que serão aplicado ao longo de toda a carreira do Engenheiro. Após o ciclo básico, chega o ciclo profissional. Nessa etapa, os conceitos aprendidos na anterior serão fundamentais.

Os conceitos de Física e de Cálculo serão primordiais para o aprendizado de fenômenos de transferência, onde estuda-se como se dá a transferência de massa, energia e calor, por exemplo.

Em matérias como Operações Unitárias e Transferência de massas aprende-se como projetar equipamentos e escolher os tipos de equipamentos utilizados (bombas, torres de destilação...) para um melhor aproveitamento de espaço, de energia e obter o resultado esperado.

Como um Engenheiro, o aluno formado será capaz de projetar equipamentos industriais, bem como fazer análises econômicas e discutir a viabilidade da produção de um produto.

Após formado, o engenheiro químico pode trabalhar em diversos segmentos da indústria. A Indústria Farmacêutica e Petroquímica são segmentos que vem crescendo exponencialmente. Apesar de existirem especializações em cada uma dessas áreas, o grande conhecimento do Engenheiro Químico em Química Orgânica e Química de Petróleo (dependendo, claro, da especialização e estágios que o Engenheiro decidiu seguir durante a faculdade) permite que ele atue muito bem nessa área. Ainda mais por que os equipamentos, sua projeção e funções aprendidos ao longo da faculdade, possuem funções bem parecidas em todas as indústrias. A indústria de alimentos também é uma que não para de crescer e sempre pode acolher um Engenheiro Químico.

O Engenheiro Químico faz em seu juramento a promessa de não fazer ou ajudar a construir equipamentos que irão fazer mal ao homem e ao meio ambiente. Esse juramento deve ser levado a sério durante toda a carreira de engenheiro.

Fontes:
http://www.sbq.org.br/index.php
http://www.abeq.org.br/