Fotólise

Por Mayara Cardoso
Fotólise é o processo de degradação de moléculas orgânicas por meio da radiação luminosa. Esse processo abrange normalmente os radicais livres, que dão início ao rompimento das ligações químicas de uma molécula, com a formação de íons.

Um bom exemplo de ocorrência de fotólise é a fotossíntese, processo fisioquímico realizado pelos vegetais a fim de produzir energia. A reação mais importante da fotossíntese é a fotólise da água, que ocorre na fase clara.

Tal processo se inicia com a absorção de energia luminosa por moléculas de clorofila. Essa energia absorvida excita (energiza) elétrons de clorofila, os quais são transferidos para uma substância aceptora de elétrons. A clorofila excitada recupera seis elétrons perdidos retirando-os de moléculas de água. Ao ter os elétrons removidos, as moléculas de água se decompõem em íons H+ e átomos livres de oxigênio. Esses últimos unem-se imediatamente dois a dois, produzindo moléculas de gás oxigênio (O2). Essa reação de decomposição da água nada mais é do que uma fotólise.

A reação de fotólise da água também é conhecida como reação de Hill, isso porque foi descoberta pelo bioquímico britânico Robert Hill em 1937 e pode ser escrita, em termos químicos, da seguinte maneira:

Luz
2H2O                                                      --------->                                  O2 + 4H+ + 4e-

No processo de fotólise da água é produzido o gás oxigênio que, posteriormente é liberado para o meio, os elétrons repõem os que foram perdidos pela clorofila e os prótons serão utilizados em outros processos.

O peróxido de hidrogênio, conhecido genericamente como água oxigenada, também está sujeito à fotólise, como representado na equação química:

Luz
H2O2 (aq)                                        ------->               H2O (l) + 1/2 + O2 (g)

Devido a essa sensibilidade à luz, o peróxido de hidrogênio deve ser embalado em frascos de vidro escuro (âmbar) ou vasilhames plásticos opacos. Caso contrário, será decomposto pela radiação e liberará oxigênio.

Referências:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Fotólise
http://www.infopedia.pt/$fotolise
http://www.portalabpg.org.br/PDPetro/3/trabalhos/IBP0579_05.pd