Química analítica

Graduação em Química (Faculdades Anhanguera, 2016)

A química analítica é o segmento da química que atua na separação, identificação e determinação quantitativas ou qualitativas dos componentes de uma amostra através do desenvolvimento de métodos e procedimentos para que essa determinação seja possível. Trata-se de uma ciência de medições que envolve um conjunto de ideias, métodos e procedimentos para que ocorra a caracterização e identificação da quantidade de componentes de compostos químicos conhecidos ou não em uma amostra. Estas técnicas e métodos são utilizados na indústria, medicina e em diversos outros segmentos, como, meio ambiente, agricultura, geologia, engenharias e biologia por exemplo.

Termos usuais: utilizamos termos específicos na química analítica, para que seja facilitado o entendimento, vejamos as definições desses termos:

  • Amostra: porção representativa da espécie ou composto a ser analisado.
  • Analito: produto químico de espécies já analisadas.
  • Técnica: conjunto de informações escolhidos para definir a análise de uma amostra
  • Método: conjunto de operações e técnicas para definir o composto de interesse.
  • Análise: estudo de uma amostra para determinar sua composição.

Laboratório de análises químicas. Foto: Matej Kastelic / Shutterstock.com

A Química Analítica se subdivide em dois tipos: Química analítica quantitativa e Química analítica qualitativa.

Química analítica quantitativa

São métodos e procedimentos que visam determinar a quantidade dos componentes desejados dentro de uma amostra. Podem ser feitos procedimentos utilizando doseamentos, determinação de traços de determinadas substâncias através de métodos clássicos ou instrumentais. Os principais métodos empregados na análise quantitativa são: gravimetria, titrimetria e titulação volumétrica.

Química analítica qualitativa

São métodos e procedimentos que visam determinar quais as espécies presentes em uma dada amostra. Para isto são utilizados métodos e procedimentos físico, químicos e físico – químicos que identificam os elementos, íons e moléculas que formam a amostra de interesse.

Métodos de análise

Podem ser classificados em Métodos Clássicos, Métodos Instrumentais.

Métodos Clássicos

Utilizados para análises esporádicas, com baixo custo, com equipamentos e vidrarias de fácil aquisição e é possível realizar macroanálises. Os métodos clássicos são largamente utilizados devido à relativa simplicidade com que são realizados e obtenção de resultados confiáveis.

Métodos Instrumentais

É aconselhável para análises rotineiras, possui equipamentos de custo elevado e requer profissionais capacitados para realizar as análises, os equipamentos analíticos requerem calibração e é amplamente utilizada na indústria e em laboratórios.

Fatores importantes para a escolha da técnica

Para se definir qual técnica analítica deve-se utilizar para realizar determinada análise, existem alguns fatores que devem ser considerados, são eles:

  • Natureza da Análise: Elemental ou molecular; Repetitiva ou intermitente;
  • Especificidade do analito: se radioativo, por exemplo;
  • Interferências: similaridade de elementos;
  • Prioridade: Determinar corretamente a ordem dos elementos a serem analisados;
  • Equipamentos e vidrarias: Verificar se há disponibilidade de todos os equipamentos e vidrarias para realizar as técnicas.
  • Infraestrutura e Insumos: Verificar a disponibilidade de todos os reagentes, água, energia elétrica, gás, bancadas, capelas, fornos, etc., para realizar os métodos sem surpresas desagradáveis durante o percurso;

Existem diversas fórmulas e cálculos que são utilizados na química analítica, a fim de obter-se resultados os mais precisos possíveis. Dentre os principais cálculos utilizados estão: valor médio, mediana, cálculos de concentração, cálculos de erros, cálculos de volume e massa, etc.

Referências:

http://www.ufjf.br/baccan/files/2011/05/Aula-1-Introdu%C3%A7%C3%A3o-%C3%A0-Qu%C3%ADmica-Anal%C3%ADtica_2011.pdf

http://www3.uma.pt/jcmarques/docs/QA/QA1intro10.pdf

http://home.utad.pt/~lcarv/qa.pdf

SKOOG, Douglas A.; WEST,D. m. Introducción a la química analítica. Espanha: Reverté. 1986.

SKOOG, Douglas A.; WEST,D. m. Fundamentos de química analítica. México: Thomson. 2005.

Vogel, A., “Química Analítica Qualitativa”, Volume 1 (1981)

Arquivado em: Química