Rascunho

Em todo processo de construção textual, há uma fase de elaboração de organização das idéias chamado rascunho. Todo bom escritor passa por isso, e dentro da produção de uma redação o seu uso é indispensável.

Por outro lado, fazer um rascunho e passar a limpo sem antes fazer uma leitura crítica é uma atividade inútil e muitas vezes até irritante.

O rascunho serve para que o autor do texto se comporte como um leitor crítico e faça as devidas alterações visando a melhoria da qualidade do texto.

Para que se faça um bom rascunho é necessário treino e dedicação, é preciso que este seja feito várias vezes até que se adquira o hábito. Este é o primeiro passo para a produção de um bom texto.

Vamos então aos principais passos para o seu rascunho.

  • Antes do rascunho, a primeira coisa a ser devidamente pensada e avaliada em sua mente é a proposta de redação. Você não pode ter preguiça de ler e entender a proposta, pois a produção de um bom texto pode depender exatamente disso.
  • Logo depois que a proposta for entendida, as idéias que surgirem a respeito daquele assunto devem ser anotadas em forma de lista. Nessa fase do processo você não precisa pensar na relação que uma idéia tem com a outra. Apenas anote para não esquecer aquele ponto de vista sem antes pensar sobre ele.
  • Leia as anotações.

    Caso você tenha poucas anotações, você deve fazer uma relação de sentido entre elas para que você possa determinar o objetivo do seu texto. Após relacioná-las, escreva o objetivo do seu texto, baseado nas idéias que você teve.

    Caso você tenha muitas anotações o seu trabalho será inverso. Determine o seu objetivo, depois exclua as idéias que não corresponderem a ele. Faça uma nova lista só com as idéias que você acha que te ajudarão a chegar ao seu objetivo.

  • Determine começo meio e fim da sua redação, agrupando as idéias onde você acha que elas melhor se encaixam.
  • Produza a primeira versão do seu texto, transformando sua “lista de idéias” em parágrafos, lembrando sempre de obedecer às regras básicas de produção textual: paragrafação, pontuação, acentuação, sintaxe, coerência, coesão, etc.
  • Leia o texto produzido e verifique se ele está obedecendo à proposta de redação e se está conduzindo ao seu objetivo, já determinado anteriormente. OBS: nesta fase, dependendo da sua leitura crítica do texto, você correrá o risco de voltar ao ponto zero e começar novamente a redação. Caso isso aconteça reescreva-a tentando corrigir as falhas que você já notou.
  • Reescreva o texto (em definitivo).
  • Releia o texto e faça as correções gramaticais ou textuais necessárias.
  • Atenção: toda e qualquer modificação no seu texto deve ser feita até este momento da produção.
  • Pronto. Pode passar seu texto a limpo com a consciência bem mais tranqüila e sem voltar atrás em nada. Neste momento você já produziu o texto, seu trabalho agora é trasnformá-lo em um documento copiando tal e qual ele se encontra.

Arquivado em: Redação