Desenvolvimento e Reprodução das Bactérias

Por Marilia Araujo
O potencial reprodutivo de uma bactéria é respeitável: em apenas alguns instantes já é possível ter muitos exemplares. Isso se deve, em grande parte, pelo tipo mais comum de reprodução que realizam: a cissiparidade (fissão binária). Este processo reprodutivo é assexuado, e consiste em uma simples divisão, como na figura abaixo:

Divisão de uma bactéria por cissiparidade (ou Fissão Binária)

Divisão de uma bactéria por cissiparidade (ou Fissão Binária)

fissao binaria

No vídeo abaixo é possível acompanhar o crescimento exponencial do número de bactérias:

Porém não se pode esquecer que este não é o único processo. Tem a esporulação que pode ocorrer sob condições desfavoráveis às bactérias, formando esporos resistentes que só retornarão à normalidade quando encontrarem a mínima condição para dar continuidade a reprodução por cissiparidade. Outra maneira que as bactérias encontraram para reproduzirem-se foi a sexuada. Neste caso, há a transferência de material genético de uma bactéria para a outra e então a combinação deste DNA com o DNA da bactéria receptora, originando novos organismos a partir desta nova possibilidade cromossômica. Este processo pode ocorrer de 3 maneiras diferentes: transformação, transdução e conjugação.

Transformação

Neste processo a bactéria capta e absorve fragmentos de DNA disponíveis à sua volta, oriundos provavelmente de outras bactérias mortas. Essa captura é aleatória e espontânea e não é sinônimo de sucesso reprodutivo, pois o fragmento capturado precisa ser compatível com a bactéria. Na figura abaixo temos a ilustração de como é este processo:

Transdução

Neste processo a bactéria é acometida por bacteriófagos (vírus) que podem incorporar alguns segmentos de DNA bacteriano e mais tarde transportá-los até outra bactéria, como podemos analisar no esquema abaixo. Se a próxima bactéria a ser infectada por esse mesmo bacteriófago sobreviver à este ataque, certamente ela utilizará os genes transportados pelo vírus. Logo, esta bactéria seria caracterizada como “transduzida”.

Transdução bacteriana

Transdução bacteriana

Conjugação

Neste processo a bactéria faz a transferência de seu material diretamente à outra bactéria, através de uma estrutura proteinada auxiliadora denominada pilus sexual, presente apenas nas bactérias que doam material genético. Veja:

Conjugação

Conjugação

Bibliografia:

http://www.sobiologia.com.br/conteudos/Reinos/biomonera3.php
http://pt.wikipedia.org/wiki/Bactéria
http://www.universitario.com.br/celo/topicos/subtopicos/bacterias/reproducao/reproducao.html