Ejaculação retrógrada

A ejaculação retrógrada é a condição da ejaculação na qual o sêmen, que deveria sair pela uretra, flui em direção à bexiga urinária.

Esta condição possui algumas causas distintas, como:

  • Desordens neurológicas, como esclerose múltipla e traumatismos na coluna;
  • Lesões locais, que pode ser decorrente de cirurgia ou traumatismo;
  • Uso de certos fármacos para o tratamento de distúrbios cardíacos ou para regularizar a pressão arterial.

O indivíduo pode notar que possui algo errado quando, no momento do orgasmo, não há ou há uma menor externação do sêmen. Desta forma, o diagnóstico é feito com base nesse fato, sendo confirmado através de um exame de urina, o qual evidencia a presença de espermatozoides na mesma.

O tratamento pode ser medicamentoso, visando gerar contrações do colo vesical durante a ejaculação, ou ainda cirúrgico. Além disso, o tratamento pode englobar uma terapia comportamental, com objetivo de reduzir a ansiedade e aprender técnicas para controlar o momento da ejaculação.

Fontes:
http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?173
http://www.tuasaude.com/ejaculacao-retrograda/
http://portal.saude.gov.br/portal/saude/visualizar_texto.cfm?idtxt=33347&janela=1

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.
Arquivado em: Doenças, Saúde