Feno

Por Marcos Duarte
A sazonalidade das chuvas faz com que a oferta de alimentos provindos da pastagem para bovinos, ovinos, caprinos varie bastante de acordo com a época do ano. Em decorrência desse fator, é primordial para o produtor rural a armazenagem de alimentos para os animais. Uma das formas de se estocar forragem é a utilização de técnicas de fenação que produzem o feno. O feno nada mais é do que a gramíneas ou leguminosas cortadas, secas e estocadas para posterior consumo dos animais.

Feno. Foto: Fesus Robert / Shutterstock.com

Feno. Foto: Fesus Robert / Shutterstock.com

Segundo Vilela (2009), o processo de fenação envolve retirada de grande quantidade de água da planta (O feno tem cerca de apenas 15% de umidade), portanto para se obter a produção de um feno de qualidade há pelo menos 2 condições necessárias: a forragem ser de boa qualidade (elevado valor nutritivo) e a secagem deve ser feita de forma que se perca o mínimo de nutrientes (geralmente quanto mais rápida for feita a secagem, melhor).

As etapas de produção do feno são as seguintes:

  • Ceifa: é o corte da forragem, que pode ser feito de forma mecanizada ou manual, depende da quantidade e dos recursos do produtor, deve ser realizada logo pela manhã;
  • Viragem: consiste do manuseio do material para que a maior parte possível seja exposto ao ambiente, de forma a expor a maior área possível da forragem para a secagem;
  • Enleiramento: consiste do “aglomeramento” do material que está secando para caso haja uma possível chuva ela não leve a forragem cortada;

Por fim pode ser feito o enfardamento para a posterior estocagem do feno.

Equipamentos utilizados na fenação:

  • Ceifadeira: é  um implemento agrícola que tem como função cortar através de suas facas a gramínea, são acoplados no trator;
  • Ancinho: outro implemento como função de formar as leiras;
  • Enfardadeira: existem diversos modelos no mercado e forma os fardos que é a forma que é estocado o feno.

Ainda segundo Vilela (2009), considerando um consumo de 6,5 Kg  de feno por dia e de 0,06 Kg de mistura mineral o custo da alimentação diária seria de U$ 0,47, sendo a relação beneficio/custo da ordem de 1,14.

Referências
http://www.agronomia.com.br/conteudo/artigos/artigos_feno_fenacao.htm