Embrapa

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) foi criada pelo governo em 1973, sendo vinculada ao Ministério da Agricultura. Ela atua fomentando a agricultura e pecuária nacional, através do desenvolvimento e transferência de novas tecnologias para os produtores nacionais. Hoje a Embrapa é dividida em unidades, de acordo com a área de pesquisa, podemos citar: Embrapa Agroenergia, Embrapa Agroindústria de Alimentos, Embrapa Caprinos, Embrapa Informação Tecnológica, Embrapa Soja... São 38 unidades de pesquisa ao todo.

A empresa sempre investe constantemente na capacitação da sua equipe, sendo que seus pesquisadores 66% são doutores e 25% mestres. O orçamento da empresa no último ano ultrapassou 1 bilhão de reais. O nome da empresa é tão consagrado que alguns países já propuseram a criação de unidades internacionais da Embrapa para o desenvolvimento de pesquisas agropecuárias nas regiões de interesse.

Alguns exemplos de sucesso de tecnologias desenvolvidas pela Embrapa e utilizadas:

- Melhoramento da soja para as condições do Brasil: hoje o país é o 2º produtor mundial de soja;

- Pacotes tecnológicos para aprimoramento dos sistemas de bovinocultura, suinocultura, avicultura (aumento da oferta e conseqüentemente da oferta desses produtos no mercado);

- Aumento da produção nacional de hortaliças;

- Um mérito único da Embrapa é de continuar ininterruptamente o trabalho de pesquisa em nosso país.

Podemos ainda citar a cooperação internacional da Embrapa, por exemplo, em Gana está sediada a Embrapa África, que tem por objetivo partilhar ciência e tecnologia, gerando um desenvolvimento sustentável e comandos que diminuam a fome (segurança alimentar) em todo o continente, atendendo especificamente a necessidade de cada país.

Fontes
http://www.embrapa.br/