Gato Persa

Os gatos da raça persa são originários do Oriente Médio.

Até meados do século XVI, os gatos de pêlos longos eram desconhecidos na Europa. No século XVII, foram importados da Pérsia (atual Irã) para a Itália seus primeiros antepassados. No entanto, foi apenas no século XIX que a raça persa surgiu, época em que esses gatos foram levados à Inglaterra, onde foram cruzados com gatos da raça angorá. Posteriormente, foi realizado um trabalho de melhoramento genético, objetivando obter uma maior variedade de cores e padrão de pelagem.

Padrão Racial

Gato Persa. Foto: Landor ("Cats and All About Them" de Frances Simpson) [Public domain], via Wikimedia Commons

Gato Persa. Foto: Landor ("Cats and All About Them" de Frances Simpson) [Public domain], via Wikimedia Commons


Os animais dessa raça apresentam pelagem longa e sedosa, com subpêlo denso e macio. Atualmente existem mais de 200 variedades de cores, devido ao sistemático trabalho de melhoramento genético que foi realizado.

O padrão racial é determinado pelas associações que a representam. Deste modo, existem pequenas variações de associação para associação. O padrão estabelecido pela FIFe (Federação Felina Internacional) é a seguinte:

  • Tamanho: médio a grande. Os machos são maiores do eu as fêmeas, pesando de 4-5 kg e 3-4 kg, respectivamente.
  • Cabeça: vista de frente, além de grande, é arredondada. De perfil, a saliência do queixo, do focinho e da testa apresentam o mesmo tamanho, ficando alinhadas.
  • Olhos: são grandes, arredondados, simétricos, sem sinal de estrabismo, bem separados, de cor sólida e brilhante.
  • Orelhas: são arredondadas na ponta, pequenas e bem afastadas entre si.
  • Focinho: pequeno, achatado, com a ponta na altura da linha inferior dos olhos ou, no máximo, na linha média e as narinas são abertas.
  • Pescoço: curto e forte.
  • Corpo: de estrutura compacta, patas curtas, peito largo, ombros e dorso maciços, fortes de comprimento curto e formato quadrado.
  • Patas: são grandes, arredondadas, sendo desejável tufos de pêlos entre os dedos.
  • Cauda: quando esticada pela lateral do corpo em direção à cabeça ela alcança, no máximo, o pescoço. É uniformemente lisa em toda a sua extensão, sem apresentar articulações mais grossas.

Temperamento

Essa raça de gato apresenta um temperamento singular. Apesar de terem momentos de entusiasmo, são animais muito calmos e gostam mesmo é de sossego.

Não demonstram muito interesse em passear fora de casa, e também não são animais de saltar e fazer manobras, são gatos de chão ou, pelo menos, de baixas alturas.

A anatomia do seu focinho também parece contribuir para seu estilo de vida pacato. Focinho achatado não favorece a boa respiração, e a prática de atividade física exige maior capacidade respiratória.
Saúde e Higiene

Geralmente, os animais brancos dessa raça apresentam olhos azuis. Este, por sua vez, está geneticamente associado com problemas auditivos. O animal que apresenta apenas um olho azul pode ser surdo de apenas um ouvido, já os exemplares que apresentam os dois olhos azuis não possuem audição.

Como sua pelagem é abundante, necessitam de maiores cuidados em relação às outras raças de gatos. Para evitar a formação de nós nos pêlos, recomenda-se a escovação diária e banhos regulares para limpar a pelagem.

Fontes:
http://www.gatopersa.com.br/opersa.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/Gato_persa
http://www.suapesquisa.com/mundoanimal/gato_persa.htm
http://www.osgatos.com.br/racas/persa.html
http://www.petbrazil.com.br/bicho/gatos/420.htm
http://www.saudeanimal.com.br/gato_persa_branco.htm

Arquivado em: Gatos