Shar-Pei

O Shar-Pei é uma raça de cão que foi desenvolvida na China, conhecido também por cão chinês de combate, possui uma origem incerta, mas acredita-se que seja descendente do Chow-Chow.

Assemelha-se ao Chow-Chow pela língua azul. É possível que tenha surgido no Tibete ou Norte da China há 20 séculos. Antigamente esses animais, que são excelentes caçadores de javalis e guardador de rebanhos. Também eram utilizados em combates, sendo que sua pele solta era um obstáculo para os adversários quando tentavam abocanhá-los.

Na época da Revolução Comunista, em 1949, essa raça foi quase extinta, pois a posse de cães foi proibida. Foi concedida uma exceção aos cães de camponeses que comprovadamente usavam seus animais para caça, enquanto que em outros casos, os cães só podiam permanecer caso o dono pagasse multas altíssimas. Os cães que não eram trabalhadores viraram alimento para os chineses.

Padrão Racial

Possuem uma aparência bastante singular. São animais compactos, ágeis e fortes, caracterizado pela pele solta no formato de pregas. Quando filhotes, essas pregas são mais acentuadas, diminuindo na fase adulta. Nessa última fase, as pregas devem localizar-se na cernelha e no crânio.

A altura desses animais varia em 44 a 51 cm; a pele deve ser flexível e áspera, a pelagem deve ser curta e eriçada, sendo aceitas todas as tonalidades sólidas, exceto o branco.

Possui um crânio arredondado e largo nas bases, mas achatado e longo na frente. As orelhas são pequenas e coladas à cabeça, podendo ter uma tonalidade distinta do resto do corpo; a cauda é grossa e arredondada na raiz, afilando-se gradativamente até a ponta; pode ser portada alta e em curva, portada em anel fechado, enroscada sobre o dorso ou caída para um dos lados. É muito comum a realização de cirurgias para retirada de excesso de pele dos olhos.

Temperamento

Os animais dessa raça são muito tranqüilos, fiéis, apegados aos donos e às crianças. Apresentam um temperamento equilibrado, mas pode ser agressivo na presença de outros cães. São territorialistas e muito dominante, obedecendo ordens de apenas um dono. São esnobes com estranhos, não aceitando carinho na cabeça, pois esse ato representa dominância. Possuem vontades próprias e é muito teimoso.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Shar-Pei
http://www.petfriends.com.br/enciclopedia/ra%E7as_c%E3es/caes_enciclopediasharpei.htm
http://www.saudeanimal.com.br/sharpei.htm
http://sharpeipuppiesblog.com/blog/2008/04/07/exercising-a-shar-pei/

Arquivado em: Cães