Wushu

Mestrado em História (UFJF, 2013)
Graduação em História (UFJF, 2010)

Wushu é o nome da arte marcial conhecida no Brasil como Kung Fu.

O termo Wushu é proveniente do japonês, porém possui várias adaptações em outros idiomas para representar a mesma coisa. Em chinês, significa arte da guerra, literalmente. Mas também significa na China qualquer atividade praticada com perfeição, sem estar ligado necessariamente a artes marciais. Mais recentemente, o nacionalismo exacerbado do governo chinês impôs o uso do termo Kuoshu, que significa arte nacional, para representar a arte marcial. Em suma, os termos Wushu, Kung Fu e Kuoshu são intercambiáveis.

O Wushu é uma arte milenar que possui seus primeiros registros no século XVIII a.C., porém acredita-se que seja ainda anterior. A China possui uma história muito atrelada a grandes exércitos e artes marciais. Seus muitos imperadores enfatizavam a importância da formação de grandes guerreiros, incentivando o ensino das artes marciais. Essa recorrência histórica marcou profundamente a cultura oriental, popularizando histórias de guerreiros, artes marciais e o perfil dos chineses no mundo. As seguintes dinastias que governaram o império chinês ao longo dos séculos acrescentaram novas técnicas ao Wushu primitivo, tornando-o cada vez mais complexo e aprimorado. Hoje, existem mais de 300 tipos de Wushu/Kung Fu que estão divididos basicamente em duas escolas. A primeira é a Waijia, que reúne a maior parte dos estilos e que visa o desenvolvimento externo, voltada para o físico. A segunda escola é a Neijia, voltada para o desenvolvimento de energias internas.

O termo Wushu não é muito utilizado, especialmente no Brasil. Ele foi substituído pelo termo Kung Fu, que também é de origem chinesa. Mas este se tornou popular somente na segunda metade do século XX. Raramente é encontrado em textos antigos, embora a estimativa é que tenha sido cunhado no século XVIII. A difusão do termo Kung Fu só aconteceu com a emigração de chineses para a América. O desenvolvimento do cinema levou às telonas a cultura oriental. As artes marciais se tornaram muito populares para o público ocidental a partir da década de 1960, especialmente com o surgimento de grandes astros lutadores como o lendário Bruce Lee e, mais recentemente, Jackie Chan.

O Wushu oferece ao ser humano mais do que habilidade para combate, é uma prática muito saudável e que trabalha o desenvolvimento pessoal. A arte marcial enfoca disciplina, persistência e respeito, equilibrando corpo e mente. Pode ser praticado por pessoas de qualquer idade e de ambos os sexos. No Brasil há a Confederação Brasileira de Kung Fu que promove e apoia eventos desportivos e que mantém a prática da arte marcial no país.

Fontes:
http://www.cbkw.org.br/
http://www.shaolinwushubrasil.com/
http://www.ewuf.org/

Arquivado em: Artes Marciais