Guará

O guará (Eudocimus ruber), também conhecido como Íbis escarlate ( scarlet íbis, corocoro rojo, dependendo do país), é uma ave pertencente à família Threskionithinae e à ordem Ciconiiformes. Este pássaro é originário do continente americano. Sua distribuição ocorre nos seguintes países: Brasil, Colômbia, Venezuela, Equador, Guianas e na Ilha de Trinidad e Tobago (país do qual esta ave é símbolo).

Guará. Foto: Waldemar Manfred Seehagen / Shutterstock.com

Costuma viver abaixo de 300 m de altitude e sempre perto de depósitos de água doce com matagal em suas beiras, assim sendo, frequenta pântanos, estuários, bancos de areia, rios e manguezais, onde se alimenta de insetos, semente, frutas, serpentes pequenas, anfíbios, pequenos répteis, vegetais e crustáceos.

O comprimento deste animal costuma oscilar entre 56 e 61 cm. Seu longo, fino e torto bico é utilizado para procurar comida em lugares lamacentos. Seu vôo é potente e gracioso (feito com o longo pescoço estendido). O rabo desta ave é curto e rechonchudo.

As penas do adulto têm cor vermelha brilhante (que fica cada vez mais vermelha na medida em que o pássaro envelhece) em ambos os sexos. Da mesma forma que acontece com os flamingos, a coloração vermelha dos guarás vem do pigmento (carotenóide cantaxantina) dos crustáceos dos quais ele se alimenta. Os gêneros são semelhantes em aparência, mas o macho é um pouco maior do que sua companheira. A coloração dos guarás mais jovens é parda escura e, em alguns casos, castanha.

Esta ave faz seus ninhos (na copa das árvores e na beira dos manguezais) em colônias que podem ser integradas por outras espécies de guarás e garças. A fêmea põe de dois a três ovos de cor esverdeada. A incubação dura aproximadamente 23 dias e é feita pelos pais, bem como a construção do ninho. Os filhotes abandonam o ninho no final de três semanas. Da mesma forma que outras aves, quando é necessário defender-se dos seus inimigos ou defender sua prole, o guará utiliza seu bico, patas e asas.

Guará. Foto: Martin Mecnarowski / Shutterstock.com

Estas aves são sociáveis e gregárias, normalmente estão em grupos de sua própria espécie pescando ou descansando e se deslocam de acordo com a quantidade de alimento que encontram. Quando um componente do bando alça vôo, é bem provável que todo o bando ou, pelo menos, por um grupo de integrantes o siga.

Arquivado em: Aves