A cura da mulher hemorroíssa

 “Porque dizia: se eu apenas lhe tocar nas vestes serei curada” (Mc 528).

A cura de uma mulher com o fluxo de Sangue é um dos milagres de Jesus, relatado nos evangelhos de Marcos, Mateus e Lucas. O episódio acontece um outro milagre em Gérasa e durante a descrição da ressurreição da filha de Jairo.

De acordo com as escrituras, enquanto Jesus estava indo para a casa de Jairo, uma mulher enferma na multidão avançou e tocou na orla do manto de Jesus. Já fazia doze anos que aquela mulher sofria de sangramentos constantes, e havia gastado todo seu dinheiro, tudo o que tinha com os médicos e não encontrou cura.

O texto não diz, mas por ter perdido tanto sangue, deveria estar anêmica e fraca. Naquela época a mulher que sangrava era considerada imunda e não poderia ser tocada por ninguém. Deveria também viver isolada.

Consta que quando ela ouviu sobre Jesus, seguiu a multidão e tocou seu manto pensando que se pelo menos conseguisse tocar na orla de seu manto seria curada. E assim foi feito. A hemorroíssa foi curada de seu sangramento imediatamente conseguir tocar no manto de Jesus e sentiu que seu corpo estava livre da enfermidade.

Naquele momento Jesus percebeu o que havia ocorrido. Parou e perguntou quem o havia tocado. Seus discípulos disseram que uma multidão o seguia e seria normal que alguém esbarrasse. E Ele respondeu que desta vez era diferente, que sentiu que Dele saiu virtude.

A mulher se prostrou diante Dele e tremula, assumiu que tinha sido ela. Ele teve compaixão e disse a ela para ir em paz, que a fé dela a havia curado.  “Filha, a tua fé te salvou; vai-te em paz, e fica livre do teu mal” (Mc 5:34).

A seguir a letra de uma música chamada “Apenas um toque” da cantora Fernada Brum, inspirada nessa passagem bíblica:

“Com olhar apaixonado, quero te dizer palavras que expressam a vontade do meu coração, na intimidade na adoração. Como um filho eu quero um abraço, me envolver em tua graça. Não quero tocar só na tua orla. Eu quero tocar onde um filho toca. Apenas um toque! Apenas um toque no seu coração. As lágrimas rolam, as mãos se levantam em adoração”.

Bibliografia:
A Bíblia da Mulher: leitura, devocional, e estudo. 2 ed, Barueri SP: sociedade Bíblica do Brasil 2009.
Bíblia sagrada. Traduzida em português por João Ferreira de Almeida. Revista e Atualizada no Brasil 2 ed Barueri SP, Sociedade Bíblica do Brasil, 1988, 1993.

Arquivado em: Bíblia